Decisão foi anunciada pelo Ministro da Saúde. Regra para a troca será divulgada na semana que vem

Todas as portadoras de próteses defeituosas que tiverem indicação médica de cirurgia por conta de rompimento terão o silicone retirado e trocado gratuitamente pelo SUS ou por seus planos de saúde.

A decisão, que vale para quem colocou essas próteses com fins reparadores e também para as mulheres que fizeram o implante por motivos estéticos, foi divulgada hoje (13) pelo próprio Ministro da Saúde, Alexandre Padilha, ao final do encontro para unificar o discurso e bater o martelo sobre o que fazer com as portadoras de implantes mamários das marcas PIP e Rófil.

"Não queremos submeter essas mulheres a um risco cirúrgico à toa. Identificado o rompimento da prótese e tendo indicação médica para cirurgia, haverá cobertura integral do procedimento cirúrgico e da substituição dessa prótese, tanto pelo SUS, quanto pela saúde suplementar” garantiu Padilha ao final da reunião, em Brasília. Padilha acrescentou que a definição vale inclusive para travestis e transexuais com essas próteses.

Segundo a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), 20 mil brasileiras receberam as próteses sob suspeita de serem produzidas com materiais de baixa qualidade, prejudiciais à saúde, e também de romperem com muito mais frequência do que os implantes de boa qualidade.

Na próxima semana, ministério, Anvisa, ANS e sociedades médicas voltam a se reunir para estabelecer as diretrizes que vão orientar consumidoras e médicos em relação ao que fazer nos casos em que não houve rompimento, não havendo, portanto indicação imediata de cirurgia. A data da divulgação desta normativa ainda não foi definida.

A Anvisa já instaurou processo administrativo-sanitário contra a importadora da prótese PIP e, nos próximos dias, com a definição de quantas pacientes farão a cirurgia e as condutas médicas para as pacientes que possuem essas próteses, a extensão da multa será definida.

* Com reportagem de Priscilla Borges, iG Brasília

Siga lendo:
Malhação e silicone: o que pode e o que não pode
Implantes mamários não duram a vida toda, alertam especialistas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.