Ativistas pedem leis mais severas contra agressores e donos irresponsáveis, no mesmo dia em que outro cão é arrastado no asfalto

A comissão encabeçada pelo ator Marcelo Médici e composta por diversas ONGs de proteção animal foi hoje à Brasília para entregar a autoridades a petição em que pedem leis mais duras nos casos de maus-tratos contra animais. Os ativistas batizaram o pedido de projeto de lei como “ Lei Lobo ”, devido ao cão Lobo, um rottweiler arrastado esse mês em Piracicaba na picape de seu dono e que não resistiu aos ferimentos.

Marcelo Medici, Alessandra Siedschlag e representantes de ONGs foram a Brasília entregar a petição à autoridades
Alessandra Siedschlag
Marcelo Medici, Alessandra Siedschlag e representantes de ONGs foram a Brasília entregar a petição à autoridades
Hoje, o ator postou em seu Twitter uma nova notícia de um cão arrastado pelo asfalto pelo dono, dessa vez no estado da Paraíba. “Vocês não imaginam quanto me custa divulgar notícias como essa, de mais um cão sendo torturado. Mas não podemos fingir que não está acontecendo”, disse, no microblog.

CURTA A PÁGINA DO DELAS NO FACEBOOK E SIGA NO TWITTER

[]

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.