O cachorro dele morre de ciumes de voce, o gato insiste em te esnobar e nem mesmo a calopsita te respeita. E hora de reverter esse quadro!

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=ModeloiG%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237491701240&_c_=MiGComponente_C

Dupla personalidade
Lolita, 5 anos, e um beagle extremamente docil, sempre de lacinho na cabeca e um ar todo angelical. Mas sempre que a professora Andrea Lima, 27 anos, entrava na casa do seu namorado, a cachorrinha se transformava. Latia o tempo inteiro pra mim. Era so eu sentar no sofa ao lado dele que ela virava uma fera. Ate xixi na minha bolsa ela ja fez, conta ela. Ciumes, claro.


Esse tipo de situac?o e muito comum. Afinal, animaizinhos de estimac?o tambem podem ter crises homericas de ciumes. Isso acontece principalmente com namoradas e namorados. A atenc?o dirigida ao c?o muda de foco. E ele passa a associar a perda com a aproximac?o da pessoa, explica Wagner Zoriki, consultor e adestrador da C?o Cidad?o .

Fura-barato
O designer Antonio Dias, 33 anos, tentou de tudo para que o fur?o de estimac?o passasse a gostar da nova esposa dele. Quando fomos morar juntos, foi uma confus?o. O Toby destruiu a casa, quer dizer, as coisas da minha esposa. Ela se esforcava, tentava brincar, ser carinhosa. Mas ele rejeitava qualquer aproximac?o, conta ele. Essa reac?o do animal passou a afastar ainda mais a companheira de Antonio. Especialmente quando ela viu todas as suas maquiagens destruidas no ch?o do quarto.


Mas sentir raiva e repulsa do bichinho n?o ajuda em nada. Pelo contrario, so vai atrapalhar a convivencia de voces. Ele precisa entender que a sua presenca tambem pode ser sinal de bem-estar. Ofereca coisas gostosas sempre que voce se aproximar do seu namorado, explica o consultor. Mas cuidado: o petisco deve ser oferecido antes de o comportamento indesejado acontecer, lembra Wagner. Caso contrario, voce estara gratificando a malcriac?o do bichinho.

Gata arisca
A gatinha vira-lata Meg, 2 anos, odiava receber qualquer tipo de visita. Escondia-se e ficava toda arisca, principalmente quando a funcionaria publica Giovanna Lessa, 33 anos, aparecia para dormir na casa do seu namorado. Ela entrava atras da geladeira e so saia quando eu ia embora. Tentar um carinho? Nem pensar! Ela partia para a agress?o no primeiro sinal de contato, lembra ela.


Apesar da fama de metidos e independentes, gatos tambem gostam de companhia e d?o muito valor a isso. Passar um bom tempo com eles ajuda a tornar a convivencia mais harmoniosa. Deixar o gato dormir com voce e uma boa tatica. Ainda mais se ele esta acostumado a fazer isso com o seu namorado, explica os adestradores do C?o Cidad?o. Mas prepare-se! E bom voce n?o se mexer muito na cama. Felinos costumam pular fora com qualquer incomodo.


Como reagir
N?o e so voce que precisa mudar os habitos para ser aceita no lar. Uma boa parte da responsabilidade cabe ao dono do animal. O seu namorado precisa mostrar ao c?ozinho, gatinho, passarinho ou peixinho quem e o dono de quem. Quem deve sempre dar a bronca e a pessoa protegida e n?o a atacada. E vale lembrar que a presenca do estranho deve sempre estar associada a algo agradavel.


Um treino muito simples, para n?o precisar brigar com o bichinho, pode fazer toda a diferenca. O dono deve intensificar a atenc?o e o carinho ao animal quando alguem se aproximar. E deve trata-lo com indiferenca quando a outra pessoa se afasta. Assim ele passara a associar ganho a aproximac?o de pessoas, explica Wagner.

Leia mais sobre: pets

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.