Acompanhamos passo a passo a criação de um vestido feito sob medida, indo do projeto da estilista ao trash the dress depois da igreja

Fernanda em sua primeira prova, no ateliê Solaine Piccoli: do croqui à igreja, criação de um vestido de noiva passa por várias etapas
Sara Rissato
Fernanda em sua primeira prova, no ateliê Solaine Piccoli: do croqui à igreja, criação de um vestido de noiva passa por várias etapas
Nem sempre o vestido perfeito está à espera da noiva nas araras de ateliês especializados e lojas de vestidos de festas. Fazer uma peça sob encomenda e assinada por um estilista pode ser a opção. Mas como funciona a concepção – e a confecção – de um vestido de noiva sob medida?

Acompanhamos a trajetória do vestido da noiva Fernanda Leite, técnica em Hotelaria, desde o desenho e confecção, feito pelo ateliê Solaine Piccoli, até a sessão de trash the dress pós-casamento (veja fotos na galeria ao final da página) .

Primeiro passo: a decisão
Data: fevereiro de 2012

A noiva chegou a considerar um vestido de aluguel, mas nenhum a agradou completamente. “Eu já tinha o desenho na minha cabeça, além de ter outras referências de vestido”, conta ela. 

Gabriela Piccoli foi a estilista escolhida para criar o vestido. Ela lembra que a noiva chegou ao ateliê decidida. “Fernanda não queria nada de estilo princesa, embora este seja o foco da nossa coleção atual”, conta.

Veja também: noivas se casam usando o vestido das mães

A noiva observa o croqui
Sara Rissato
A noiva observa o croqui
Segundo passo: o croqui
Data: março de 2012

Por isso, o vestido precisou ser criado especialmente para Fernanda, que não se identificou com os modelos prontos da coleção. Para entender o estilo da noiva, a estilista perguntou detalhes sobre a cerimônia e a festa de casamento.

Com as informações em mente, fez o primeiro esboço do vestido de noiva Fernanda, apresentado em um croqui. “Nós conversamos um pouco e ela criou o vestido que estava em minha mente. Fiquei emocionada”, conta a noiva.

Leia também
Vestidos de noiva que fizeram história
A onda do second dress
51 vestidos de noiva curtos
16 vestidos de noiva exóticos
110 vestidos de noiva



Terceiro passo: as primeiras provas

Data: março de 2012

O vestido começa a tomar forma (veja fotos na galeria ao final da página) . A partir do croqui, o forro do vestido foi criado. “Você realmente o vê sendo construído”, diz a noiva.

Depois de criada a estrutura, são escolhidos os tecidos. Como é um vestido mais lânguido, Gabriela Piccoli recomendou o chiffon e rendas leves, para dar mais fluidez ao modelo.

Leia também: estilistas ensinam a escolher o vestido de noiva perfeito

Após a primeira prova, equipe trabalha em alterações sugeridas pela estilista nas mangas e no decote das costas
Sara Rissato
Após a primeira prova, equipe trabalha em alterações sugeridas pela estilista nas mangas e no decote das costas
Quarto passo: orientações da estilista
Data: abril de 2012

A partir da forma tomada pelo vestido, algumas mudanças foram sugeridas por Gabriela. “A Fernanda queria alças de renda mais largas para o vestido, mas elas não iriam valorizar os seus ombros”, observa ela. 

O decote das costas também passou por alterações e recebeu um corte em V com sobreposição de renda, para alongar a silhueta da noiva. 

Para equilibrar o visual do vestido (ombros – quadril), Gabriela optou por deixar a cintura de Fernanda mais marcada. 

“A cada prova, tenho a sensação de estar chegando mais perto”, conta a noiva.

Descubra o melhor vestido de noiva para seu tipo de corpo

Quinto passo: as provas finais
Data: maio de 2012

A algumas semanas do casamento o vestido de Fernanda está quase pronto. “Falta finalizar alguns detalhes com o modelo diretamente no corpo dela, o zíper, botões e a barra”, conta Gabriela Piccoli.

As alças tiveram que ser ajustadas no corpo da noiva, para que qualquer defeito fosse corrigido. O bojo também precisou ser trocado. 

E Fernanda conseguiu se imaginar subindo ao altar com tudo que tem direito: vestido sob medida e véu – mas sem grinalda.

Fernanda na igreja: em cerca de três meses, vestido de noiva foi do sonho à realidade
Rodrigo Sodré e Mauricio Decourt
Fernanda na igreja: em cerca de três meses, vestido de noiva foi do sonho à realidade
Sexto passo: o casamento 
Data: 19 de maio de 2012

Fernanda disse o “sim” em uma cerimônia religiosa em um hotel de Guaratinguetá, interior de São Paulo, no último sábado, 19.

Sétimo passo: o trash the dress
Data: 21 de maio de 2012

Fernanda planeja guardar o vestido de noiva como recordação. Mas nem por isso vai poupá-lo de um pouco de contato com terra e grama em uma sessão de fotos pós-cerimônia. 

“Como o casamento foi à noite e no campo, não quis perder muito tempo da festa tirando fotos”, diz a noiva, explicando a decisão de fazer um álbum dois dias após a cerimônia.

O cenário foi o próprio hotel do casamento, a 180 km de São Paulo. Veja abaixo toda a história do vestido de noiva de Fernanda, da criação ao ensaio pós-casamento.



Leia também
Decore você mesma: quatro artefatos para decorar o casamento, feitos passo a passo
Fotos captam momentos inesquecíveis dos noivos no dia do casamento

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.