Cores nos coletes e gravatas, texturas, fraquetes mais curtos e figurino monocromático são opções para quem quer sair do lugar comum

Cores no colete e na gravata dão toque diferente ao visual do noivo
Divulgação/Black Tie
Cores no colete e na gravata dão toque diferente ao visual do noivo
A noiva pode ser o grande destaque do casamento, mas os noivos têm, sim, seu espaço para brilhar – e sair da combinação simples de terno e gravata ou do lugar comum do meio-fraque sem fazer feio.

Noivos de estilo arrojado no dia-a-dia saem na frente. Para eles, ousar no traje da cerimônia é mais fácil e natural. O ator Caio Blat ficou ótimo de gravata verde-limão em sua união com a atriz Maria Ribeiro, em 2007 (veja na galeria abaixo) . Mas nem todos sustentariam o traje com naturalidade. Como ser diferente sem errar?

João Camargo, alfaiate que assina trajes de famosos como Rodrigo Faro, Rodrigo Lombardi e Daniel Boaventura, sugere o smoking com tonalidades diferentes. Para a noite, ele recomenda o azul marinho com gravata borboleta off-white. Já para as cerimônias diurnas, a cor escura pode ser substituída por um azul mais claro ou um cinza intermediário. “Esta é uma bela opção, pois combina com a tradição do casamento sem ficar exagerado”, aconselha ele.

Outra tendência apontada pelo alfaiate é o terno com texturas e desenhos na própria trama do tecido, dando um toque diferente às peças. “Riscas na vertical ou estampas sem contrastes de cor fazem com que a roupa não pareça um terno comum”, diz Camargo.

Também continuam em alta os fraquetes ou casacos um pouco mais curtos, com detalhes de fino acabamento em cetim vison. Segundo o consultor Oswaldo Muller, da Maximu's Rigor, o visual monocromático, com a adoção de uma única cor da cabeça aos pés, inclusive nos sapatos, é aposta certa dos noivos para chamar a atenção dos convidados.

Quem preferir dar um colorido a mais pode adotar cores diferenciadas, mas somente nos coletes e nas gravatas. “Trajes multicoloridos e inovações ousadas demais, como pedrarias e bordados, levam ao risco do exagero”, alerta Oswaldo.

Diferente e elegante

Uma alternativa para os homens de estilo mais discreto e simples é o terno com colete, incrementado com uma gravata plastron – aquela de cetim ou seda amarrada como se fosse um lenço – ou italiana, ou um meio-fraque com três botões. “Trajes com corte slim e tecidos exclusivos, com destaque para os detalhes especiais na lapela e colete, são uma boa para os noivos que não querem ser apenas um coadjuvante no altar”, sugere Cristofer Mickenhagen, da Black Tie.

Seja qual for o estilo adotado, o elemento mais importante no traje de noivo é a alfaiataria. Uma roupa com modelagem ruim pode por tudo a perder. Também é preciso tomar cuidado com peças que já foram alugadas muitas vezes, para evitar a aparência de velhas.



Leia também
Casamento na praia: acerte no visual

Como escolher seu vestido de noiva

>>> Guia do casamento: ideias e serviços para a noiva

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.