Eleger os padrinhos e as madrinhas é uma etapa que geralmente tira o sono de muitos casais.

Conciliar as expectativas de amigos e familiares e a vontade dos próprios noivos não é tarefa das mais fáceis. Para Renata Pinheiro, da Santo Glamour - Assessoria em Eventos Especiais, a escolha de padrinhos é muito pessoal. Por isso, não transfira essa decisão para outras pessoas nem se deixe influenciar.

Segundo ela, a única regra é não exagerar no número de padrinhos. Orientamos para que a quantidade não fique desproporcional ao tamanho do altar onde a cerimônia será realizada. É muito deselegante um monte de gente espremida no altar. Aí é que começa a confusão, pois geralmente o tamanho do altar da igreja onde será realizada a cerimônia é inversamente proporcional ao número de pessoas que gostariam de estar ao lado dos noivos no grande dia.


Como lidar com os candidatos
Em algum momento, quase todos os casais passam pelo dilema de ter que justificar a escolha dos padrinhos. E e agora, o que fazer? A melhor saída é não ficar se desculpando, mas se a situação for mais delicada, o melhor a fazer é ser sincera.

Karla Cristina de Oliveira Martins Veiga, 26 anos, usou a conversa para resolver uma saia justa com a segunda esposa de um tio. Como Karla queria que seu tio e sua ex-mulher fossem padrinhos juntos, resolveu procurar sua tia atual. Expliquei que tinha um carinho enorme por ela, mas que por estar a menos tempo na minha vida, gostaria que os dois fossem meus padrinhos, desde que ela não ficasse chateada, conta. Ela chorou, e disse que foi muito melhor eu falar com ela do que convidar meu tio para padrinho e ela ir junto só por estar com ele. Situações como a vivida por Karla são bastante comuns, e geralmente, para se evitar ou até mesmo contornar um mal estar, os noivos preferem convidar casais para comporem o altar.

Mas nem sempre a decisão mais diplomática é a melhor. A analista judiciária Mariana Bompet Puzziello, 34, para salvar o relacionamento do padrinho escolhido convidou também a namorada dele. A nossa amizade continua, e a menina nem namora mais o nosso amigo. É um abuso esse negócio de namoradas criarem problema, diz. Sou contra chamar pessoas que mal se conhece, conclui.


Hora de convidar: ufa!
Escolhidos os padrinhos e madrinhas, o convite pode ser feito de várias formas já que não existem regras. No caso de se escolher pessoas de uma mesma turma, o interessante é reunir todos para formalizar o convite. Em alguns casos, os próprios pais dos noivos gostam de convidar os padrinhos. E quando se tratam de pessoas de grupos diferentes, o convite pode ser feito individualmente.

Quanto à antecedência do convite, apesar de não existir uma data ideal para fazê-lo, o bom é não deixar para a última hora, senão corre-se o risco de a pessoa já ter compromisso no dia casamento ou achar que está substituindo alguém...


Nem os padrinhos estão a salvo de imprevistos
Imprevistos acontecem, inclusive, com os padrinhos, por isso, é sempre bom ter um plano B, além de jogo de cintura, é claro. Mariana Bompet Puzziello, 34, e o analista financeiro, Eduardo Puzziello, 32, enfrentaram duas desistências de padrinhos. Uma da parte da noiva e outra do noivo, sendo que uma delas aconteceu faltando dois dias para o casamento.

Era uma situação delicada, acabamos optando por alguém que a gente gostava e já estava representado no altar por um irmão, pois se fosse outra pessoa, talvez ficasse chateada por ser convidada de última hora, conta Mariana. Ainda assim, quando estão entre amigos, o padrinho substituto não perde a oportunidade de brincar com o fato de ser o convidado step.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.