Na segurança elétrica, encontramos graves problemas. Assim, quase todos os aparelhos foram eliminados por apresentarem riscos a você

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=delas%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237508663323&_c_=MiGComponente_C

Para começar, encontramos problemas nas instruções de uso da maioria. Não constam textos de segurança exigidos pela norma e algumas informações não se encontram em português.

Mas o problema grave mesmo está na falta de proteção contra o acesso a partes vivas - ou seja, os plugues não têm luva de proteção. Você pode levar um choque com o plugue parcialmente introduzido e o perigo é ainda maior se você estiver em local úmido (como um banheiro impregnado pelo vapor de um banho quente). Como o secador é um aparelho que você tira e coloca na tomada a toda hora e, principalmente, usado em locais úmidos, esses aparelhos são um grande risco para você e sua família.

Apenas o Faet e o NKS possuem a luva de proteção. Vale lembrar que agora já é lei no Brasil que os aparelhos eletrônicos possuam esse pequeno e barato equipamento de segurança. Após anos lutando para isso, a PRO TESTE conseguiu comover as autoridades para o problema e a obrigatoriedade de luva nos plugues passou a valer desde agosto do ano passado.

No Arno, no GA.MA Italy, no Mallory e no Taiff, a situação é ainda pior pois os cabos não possuem cobertura extra de isolamento (aquela cobertura em que o cordão de alimentação parece ser único). Isso eleva os riscos de curto-circuito caso o fio venha a se partir acidentalmente conforme o uso.

Veja o teste completo


É proibida a utilização deste conteúdo para fins publicitários ou comerciais. A Pro Teste - Associação Brasileira de Defesa do Consumidor foi fundada em julho de 2001, por iniciativa do IPEG (Instituto Pedra Grande de Preservação Ambiental de Atibaia) e da Test-Achats, da Bélgica, instituição que defende o consumidor na Europa e que reúne mais 1,2 milhão de associados. A missão é informar, orientar, representar e defender os interesses do consumidor.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.