Oito erros do penteado para noivas e como evitá-los

Tingir no dia do casamento, ver os fios despencarem no meio da festa, escolher um cabelo destoante do vestido. Aprenda a driblar estes e outros deslizes comuns

Camila de Lira - especial para o iG São Paulo

Christian Parente
O melhor penteado é aquele que leva em conta o vestido, o comprimento do cabelo e o estilo da noiva

Nem sempre aquele penteado incrível fica perfeito no seu cabelo. E nem sempre aquele cabelo tão sonhado combina com a sua festa. Não é só de vestido que se faz a escolha da noiva: um cabelo em desalinho pode transformar - para pior - o look do grande dia.

Veja também
110 vestidos de noiva
19 penteados com acessórios 

Para Paulo Persil, cabeleireiro especializado em noivas e colunista do Delas, a principal regra para não errar no penteado do grande dia é manter-se fiel ao próprio estilo. “Arriscar-se é terminantemente proibido. O casamento é uma peça teatral de verdade com estreia, benefício e encerramento no mesmo dia. Não tem volta”, diz.

Carolina Montenegro, sócia da Puntuale, concorda. E completa: a regra número 1 é testar o penteado antes do “Dia D”.

Para o hair stylist Robson Trindade, detalhes como a proporção do rosto e do corpo da noiva devem ser levados em conta. “A mulher deve pensar sempre nas proporções entre rosto, nariz, boca, pescoço e orelhas, sem esquecer as proporções do corpo. O cabelo é a moldura do rosto e por isso deve compor o visual com equilíbrio e harmonia”, afirma.

Veja também: qual o vestido de noiva ideal para o seu tipo de corpo 

Reunimos os oito erros mais comuns no penteado da noiva e consultamos os experts sobre como evitá-los. Acompanhe abaixo:

1. Escolher o penteado sem levar em conta o estilo do vestido

O vestido e o cabelo formam um look único e devem se equilibrar. Se o cabelo é muito elaborado, é melhor que o vestido seja mais clean. “Quanto menos tecido mais cabelo e quanto mais tecido, menos madeixas. Cabelo conflita com detalhes do vestido e pode perder o efeito de ondas, volume, alinhamento, além de sobrecarregar o look”, diz Paulo Persil.

Christian Parente
Combinar o penteado com o vestido é uma das premissas para não errar no look


2. Radicalizar o visual

Quer ficar loira e surpreender seus convidados? Ótimo! Planeje a mudança para cerca de um mês antes. “A noiva não deve fazer nada que não dê tempo para arrumar”, diz Carol, da Puntuale. “É muito arriscado fazer algo no dia do casamento: pode dar coceira, alergia ou deixar a pele manchada por descuido”, completa Robson. Carol indica que qualquer tipo de tintura seja feita de duas a três semanas antes do casamento, assim o cabelo tem tempo para maturar.

Leia também: cronograma de beleza para o casamento 

3. Fugir completamente do seu próprio estilo

Está acostumada a usar o cabelo liso? Ou prefere um estilo mais rock’n’roll? Se não souber definir seu estilo, faça como Kate Middleton. Segundo a imprensa britânica, antes de entregar as madeixas ao hair stylist Richard Ward para o casamento real, ela foi categórica e estabeleceu apenas uma regra: “quero que William me reconheça quando eu chegar ao altar”. “Cada mulher é única e uma cerimônia como o casamento também é única”, define Persil.

4. Ser pouco prática

Alguns penteados são tendência mas, na hora da festa, não são práticos. Rabos de cavalo para o lado, por exemplo, tendem a grudar no suor do pescoço quando a festa começa a ficar animada. “Cabelos soltos não vão ficar perfeitos a noite inteira. Se a ideia da noiva é ter um penteado durável, é melhor deixar preso”, recomenda Carolina.

Christian Parente
Penteados soltos dificilmente chegam ao fim da festa do mesmo jeito

5. Não uniformizar o aplique

Se decidir usar um aplique, pense na cor dos fios. Quando não uniformizado com o tom do cabelo natural, o acessório dá um ar pouco natural. “As noivas devem levar o aplique ao colorista, para deixá-lo do exato tom do cabelo delas”, orienta ela.

6. Não testar o penteado antes

Viu aquele penteado perfeito da celebridade na revista? Quer copiá-lo? Então melhor não ter só um dia para fazer isso. Nem sempre o penteado perfeito pode ser copiado de primeira e, quando a noiva tem apenas o dia do casamento, fica difícil acertar. Para fugir disso, os três experts são categóricos: é preciso fazer os testes de cabelo antes. “O cabelo é manuseado no teste de forma a não ser sobrecarregado de spray e grampos. Isso serve para, agilmente, apresentar looks desejados pela noiva”, explica Persil.

Leia também
10 erros fatais na maquiagem de noivas
Cabelo curto com cara de noiva 

7. Levar muitas pessoas para opinar sobre o penteado

Nem sempre uma multidão de amigas e parentes ajudam na hora de escolher o penteado. Na verdade, elas podem até atrapalhar e, com as múltiplas opiniões, confundir a noiva e deixá-la acanhada. “Se for muito insegura, é melhor a noiva levar pessoas de confiança, como a mãe e alguma madrinha, e só”, finaliza Carolina.

8. Não levar em conta o comprimento dos cabelos

Em cabelos médios, um penteado solto pode não ter bom efeito. Assim como, nos cabelos curtos, o volume deve ser bem trabalhado, ressalta Persil. “Fazer escova lisa na raiz, com as pontas bem viradas, pode levar a resultados desastrosos para quem tem cabelos médios. Já as noivas de cabelos compridos nunca devem deixá-los soltos se o vestido tiver um decote muito longo nas costas, pois o cabelo pode esconder o detalhe”, diz Trindade.
 

Leia mais
20 perguntas essenciais para as noivas
Comente o seu vestido de noiva favorito das famosas
 

Leia tudo sobre: penteadocabelopenteado para noivanoivaerrodicas

Notícias Relacionadas


    Mais destaques

    Destaques da home iG