Fotos são produzidas em ambientação vintage e ajudam a noiva a expressar sua própria sensualidade

Você sabe o que é boudoir? A palavra, muito popular na época vitoriana, era usada para designar um quarto exclusivamente feminino, fosse ele para se vestir ou para convivência. O termo voltou à moda pelas mãos de fotógrafos especializados. Eles oferecem a produção de ensaios sensuais estrelados pela noiva como presente para o futuro marido e, porque não, um aquecimento para a lua de mel.

Boudoir: palavra remete a quartos exclusivamente femininos e hoje designa ensaios sensuais feitos pelas mulheres a caminho do altar
Kelly Oliveira
Boudoir: palavra remete a quartos exclusivamente femininos e hoje designa ensaios sensuais feitos pelas mulheres a caminho do altar


A noiva vira modelo por um dia e veste suas melhores lingeries. Com as fotos em mãos, pode montar um álbum ou uma revista, dependendo do fotógrafo e da sua preferência. “O boudoir tem inspiração nas modelos pin-ups do começo do século. Hoje, é um estilo glamouroso e vintage”, explica Ivan Bismara, professor de fotografia e coordenador dos cursos de moda da FAAP, em São Paulo.

Leia também: cinco estilos de fotografia de casamento

Se você ficou interessada, mas ainda tem dúvidas sobre sua própria vocação sensual, pense novamente ao terminar de ler esta matéria. Conversamos com experts que contaram como encarar um ensaio ao estilo boudoir. A começar pela escolha da lingerie: “não pode ser estampada, porque não fica bem nas fotos”, alerta a fotógrafa especializada Fernanda Marques.

Estilo do ensaio é marcado por referências ao vestido de noiva e acessórios vintage
Fernanda Marques
Estilo do ensaio é marcado por referências ao vestido de noiva e acessórios vintage
Vencendo a timidez


Várias técnicas são usadas para deixar a modelo à vontade. A locação das fotos, por exemplo, é escolhida pela noiva. Pode ser um hotel, um motel ou até uma casa. “O trabalho começa na hora de agendar o ensaio. Pergunto para a cliente quais são suas músicas preferidas e levo a trilha em um CD no dia das fotos. Também peço a ela para levar suas próprias lingeries e bijuterias”, conta a fotógrafa Kelly Oliveira, também especializada em boudoir.

Beber uma tacinha de vinho para se soltar é outro truque que você pode usar.

Se o problema for o constrangimento com um corpo não está perfeito, não se preocupe. “Sensualidade não está só no corpo: está no olhar, nos gestos, no sorriso. Podemos dar mais atenção ao que a mulher tem de melhor”, diz Kelly. A graça do ensaio reside justamente no jogo do “mostra - esconde”. A quantidade do que será revelado depende de cada modelo, mas sentir-se bem e aceitar seu próprio corpo tem resultado direto na desenvoltura das fotos.

“Tem clientes que se descobrem sensuais depois do ensaio e essa é minha maior gratificação. As fotos transformam a imagem de menina em um mulherão, e a pessoa fica feliz dizendo que não imaginava que fosse tão sensual ou tão bonita”, conta Fernanda.

Os retoques finais são suaves: o ensaio aposta na beleza natural
Kelly Oliveira
Os retoques finais são suaves: o ensaio aposta na beleza natural
Mulher de verdade


Ao contrário da maioria das revistas masculinas que existem por aí, o ensaio sensual das noivas não leva retoques feitos por computador. Não faria sentido, pois as fotos terão como espectador uma pessoa que conhece a mulher tão bem: o noivo vai perceber que aquilo não é natural. “O tratamento é leve, não reduz medidas. Usamos apenas para tirar uma espinha ou cicatriz, coisas que incomodem a modelo. O marido gosta daquilo que tem, não quer que mude”, lembra Fernanda.

Noivos ciumentos devem entender, por fim, que a mulher faz as fotos posando para ele, como se ele estivesse olhando, e não o fotógrafo. “Não existe nada de erótico ou vulgar em fazer fotos como estas. É uma demonstração da liberdade que a mulher tem hoje em relação ao seu corpo”, considera Ivan Bismara. Os profissionais especializados não costumam admitir ninguém no ensaio, nem uma amiga ou parente – isso atrapalha o bom andamento da sessão, que pode durar até quatro horas.

Leia também: ensaio sensual é presente apimentado

Fernanda Marques em ação: fotógrafos não admitem mais ninguém na sessão
Fernanda Marques
Fernanda Marques em ação: fotógrafos não admitem mais ninguém na sessão
Dicas para fazer um ensaio boudoir


- Leve roupas confortáveis, com as quais você se sente bem.

- Prepare-se para o dia experimentando lingeries em frente ao espelho.

- Não tente ser outra pessoa. Você vai ter tempo suficiente com o fotógrafo para descobrir sua sensualidade. Não é preciso forçar algo que não está em você.

- Use nas fotos uma peça de roupa do seu noivo, algum presente que ele deu ou qualquer peça que faça parte da história de vocês. Ele vai adorar ver que você estava pensando nele enquanto posava.

- Se você não tem experiência como modelo, ouça com atenção a direção do fotógrafo. Ele sabe quais posturas ou olhares ficam melhores para a câmera.

- Nada de levar objetos de sex shop, como chicotes ou algemas. O estilo boudoir combina melhor com vidros de perfume com design antigo e peças vintage, como uma cinta-liga.

- Pense em elementos para contextualizar o ensaio, como véu, grinalda e buquê.

Serviço
Fernanda Marques
Kelly Oliveira

Leia mais
Guia do Casamento: ideias, dicas e soluções para a noiva planejar o grande dia
Agenda da Noiva: o que fazer mês a mês

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.