Além de planejamento e criatividade, noivos vão precisar de tempo e pesquisa para fazer pessoalmente detalhes da decoração

Júnia Lane comprou vários objetos vintage e cuidou da decoração por conta própria...
Renata Marques e Gustavo Gaiote
Júnia Lane comprou vários objetos vintage e cuidou da decoração por conta própria...
... ficando responsável até pelas dobraduras dos cataventos que decoraram a festa
Renata Marques e Gustavo Gaiote
... ficando responsável até pelas dobraduras dos cataventos que decoraram a festa
Garrafas e vidros de geleia viram vasos de flores, caixotes de madeira da feira decoram o ambiente e, nas mesas dos convidados, plaquinhas de identificação e outros itens delicados são feitos pelos próprios noivos. Casais de outros países já são adeptos dessa técnica, conhecida no exterior como “do it yourself”, que ao pé da letra significa “faça você mesmo”.

O nome já diz tudo: para personalizar a celebração, noivo e noiva botam a mão na massa e preparam, eles mesmos, alguns detalhes artesanais, se envolvendo ao máximo com os preparativos e contando com a ajuda de amigos e familiares. O resultado é uma cerimônia única, bem ao estilo dos noivos.

Leia também: Tendências para casamento em 2012

De acordo com Constance Zahn, autora do blog que leva o seu nome e fala sobre tendências de casamentos, o “faça você mesmo” torna a estética da cerimônia mais natural e descolada e é cada vez mais conhecido. “Quando comecei o blog em 2007, ninguém usava esse termo. Mas agora ele já está mais popularizado”, afirma ela.

Organizar e se envolver com tantos detalhes requer tempo e muita disposição. “Se eles têm esse tempo livre, devem se envolver sem medo”, afirma Vera Simão, idealizadora do evento CASAR e assessora de eventos. O ideal é evitar ser o responsável por tarefas muito complexas e arriscadas de última hora, como os doces e o bolo da festa – a não ser que a noiva ou o noivo sejam experts na área.

Mãos à obra
Júnia Lane é fotógrafa e teve a colaboração de amigos e familiares para preparar o seu casamento. Em viagem a Nova York, comprou vários objetos para decorar o ambiente da sua festa, como porta-retratos, suporte para doces e bolos, papéis decorados e vasos. “O mercado nacional de noivas é muito padronizado, fica difícil achar coisas diferentes”, afirma Júnia.

Leia também: Como sair bem na fotografia do casamento

Piano de família: o pai de Júnia deixou o objeto quase novo, com tinta branca
Renata Marques e Gustavo Gaiote
Piano de família: o pai de Júnia deixou o objeto quase novo, com tinta branca
Depois das compras, foram quatro meses de trabalho, com pinturas e estilizações feitas à mão, com a ajuda do noivo, Licius Kreulich, amigos e familiares – incluindo o pai da fotógrafa, que lixou e repintou o piano que ela tocava quando pequena. “Não tivemos dor de cabeça, mas o tempo foi o nosso maior inimigo”, lembra Júnia. Se o próprio casal pretende trabalhar em detalhes de personalização do casamento, portanto, é aconselhável começar o trabalho o quanto antes, para não sobrecarregar as semanas que antecedem a data.

Antes de arregaçar as mangas, os noivos devem começar o planejamento com a lista das matérias-primas: flores, vasos, garrafas, papéis diversos e outros detalhes. A melhor opção é pesquisar mercados, lojas online, brechós e checar se algum parente próximo pode ajudar com as tarefas. “A internet ajuda muito neste aspecto e pesquisar é importante”, ressalta Vera Simão.

Leia também: Cardápio para um casamento moderno

Salão de beleza e confeitaria em casa
Se a noiva tiver o hábito de se maquiar, pode fazer como Larissa Banister, advogada que se casou longe de casa, na Inglaterra. Ela dispensou a ida ao cabeleireiro e se preparou sozinha. “A minha razão principal para fazer as coisas por conta própria foi mesmo o aspecto financeiro”, afirma ela.

Nesta estação, a tendência é usar cabelos soltos e maquiagens despojadas , que não exigem muito da noiva. Fazendo a própria maquiagem, é possível evitar a frustração de uma maquiagem exagerada ou que não tenha nada a ver com o seu estilo.

Além do cabelo, unhas e maquiagem, Larissa preparou brigadeiros para os convidados ingleses. “Eles ficaram encantados, porque é algo que não existe nos casamentos da Inglaterra”, completa ela. Os doces simples foram uma surpresa para os convidados e agradaram tanto os ingleses como os brasileiros.

Leia também: 10 ideias de penteado para noivas

Júnia e Licius deixaram a decoração do casamento personalizada e divertida
Renata Marques e Gustavo Gaiote
Júnia e Licius deixaram a decoração do casamento personalizada e divertida
As vantagens de um casamento quase artesanal podem compensar as possíveis dores de cabeça. “Se o os noivos estão com o orçamento reduzido, a opção de se envolver mais ajuda a economizar”, destaca Vera Simão. Além de ter a possibilidade de pechinchar alguns produtos e contar com a ajuda de amigos e parentes, os noivos dão um toque pessoal definitivo à cerimônia. “No final das contas, você fica mais satisfeita, porque sabe que cada detalhe do casamento foi escolhido e organizado por você”, termina Júnia.

Leia mais
5 passos para personalizar seu casamento sem gastar muito
11 ideias para noivas ecochics

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.