Consultora aponta quais as flores da estação e combinações para montar arranjos de casamento sem gastar muito

Os arranjos de flores são uma parte importante na decoração do casamento e, por isso mesmo, podem pesar no bolso dos noivos. A especialista Carla Fiani dá algumas dicas para economizar na produção sem abrir mão de um resultado bonito e marcante.

A principal sugestão é apostar nos arranjos com flores da estação, que ficam mais baratas em função do aumento da oferta. Outra idéia é misturar vegetação, o que diminui a quantidade de flores usadas e o preço.

Arranjos bem executados, mesmo que de flores consideradas simples, como flor do campo, levantam qualquer ambiente. Arranjos generosos de flor  – miúda e branca – também são uma boa opção.

Um arranjo de mix de flores também permite um efeito bacana com custo menor porque mistura flores nobres com outras nem tanto e vegetação. O resultado é surpreendente!

Confira as flores de cada estação:
Primavera (setembro a dezembro): Violeta, Crisântemo, Petúnia, Lírio, Bromélia, Gérbera, Lisianthus, Narcisio, Boca-de-leão.
Verão (dezembro a março): Bromélia, Rosas, Flor-de-lis, Gérbera, Nandina, Bico-de-papagaio, Copo-de-leite, Amarílis.
Outono (março a junho): Flor-de-maio, Gérbera, Azaléia, Hortência, Maria-sem-vergonha, Rabo-de-gato, Margaridinha.
Inverno (junho a setembro): Prímula, Orquídea, Lupino, Begônia, Azulzinha, Lírio-da-Paz.


Carla Fiani é consultora da empresa Wedding & Co.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.