Vestido destruído, bolo no chão, noivo desmaiado: quando os piores pesadelos da noiva se tornam realidade, rir pode ser o melhor remédio

Mico no casamento: cachorro faz xixi no vestido da noiva
Reprodução
Mico no casamento: cachorro faz xixi no vestido da noiva
Não há assessoria ou planejamento dos noivos capaz de prever todos os incidentes que podem acontecer no dia do casamento. A maioria dos imprevistos costuma ser inofensiva: um convidado levemente alterado pela bebida, uma entradinha que desaparece do cardápio no grande dia. Mas nem todas as noivas têm esta sorte.

Algumas enfrentam verdadeiros pesadelos -- como os mostrados em “Até que o Riso nos Separe”, programa do canal por assinatura Home & Health, e no vídeo abaixo. Noivos indo ao chão em pleno altar, bolos que se desmancham no chão após a queda da mesa, noivas em crise de riso nervoso na hora do “sim”. As chances são mínimas, mas e se acontecesse com você? O que fazer se seu pior pesadelo virar realidade? Especialistas respondem e ensinam a contornar, com humor, os piores micos de um casamento.

O bolo de casamento, com muitos ou poucos andares, desmorona após o primeiro corte do casal. Ninguém espera que algo tão improvável aconteça em um dos momentos mais aguardados da festa. E agora? “Peça para alguém limpar o ambiente e faça o corte simbólico dos noivos com uma sobremesa”, sugere o consultor de etiqueta Fábio Arruda. “A saída é a criatividade, só não pode ficar sem a foto do corte dos noivos”, acrescenta Carla Fiani, assessora de casamentos.

O vestido da noiva simplesmente não resiste a tantos movimentos, rompendo-se durante a festa – ou pior, na hora da cerimônia. “É preciso resolver da melhor maneira possível e sem desespero, para dar continuidade à cerimônia”, observa Claudia Matarazzo, consultora de etiqueta e autora do livro “Casamento Sem Frescura” (Editora Melhoramentos). “É fundamental ter linha e agulha, caso aconteça algum imprevisto”, recomenda Fábio Arruda. Leia também: quatro casamentos e alguns imprevistos

Durante a dança dos noivos, o casal se atrapalha um pouco e cai. O jeito é rir da situação e recomeçar do zero, contando com a participação dos amigos e familiares. “A risada deixa o ambiente mais leve e poupa os convidados do constrangimento”, destaca Fábio Arruda. Leia também: casais trocam valsa por tango, pop e gafieira

Na hora do “sim”, com todas as atenções voltadas para o altar, um dos noivos ou padrinhos se sente mal e desmaia. “É fundamental agir com naturalidade e auxiliar quem passou mal, mas sem drama em torno da situação”, diz Fábio Arruda. Claudia Matarazzo destaca a importância de um familiar responsável por tarefas como esta. “Os noivos não podem sair de cena, não dá para simplesmente parar o casamento”, diz ela.

Leia mais
Guia do Casamento: ideias, dicas e soluções para a noiva planejar o grande dia
Vestidos de noiva que vão arrasar em 2012

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.