Lona e picadeiro compuseram o cenário perfeito para o casamento da tatuadora Gabriela e do músico Vinícius

O casamento da tatuadora Gabriela Leilek e do músico Vinícius Navarro Soares teve tudo o que uma união tradicional tem: noivos apaixonados, bolo, doces, madrinhas, padrinhos, bênção e até imprevistos de última hora. Entretanto, ficou longe de ser um casamento convencional. Gabriela e Vinícius escolheram o circo para dizer “sim” em uma cerimônia, realizada em março deste ano, que tinha tudo a ver com eles.

“Trabalhamos com arte e o circo representa para nós a imersão total na arte”, conta Gabriela. Como exatamente surgiu a ideia de casar sob a lona de um picadeiro ela não se lembra. “Mas uma coisa foi levando à outra e acabou que adoramos a ideia de fazer o casamento em um circo”, diz.

Sabendo da dificuldade que seria conciliar a data da troca de alianças com a disponibilidade de um circo itinerante, o casal contratou o Grupo Acrobático Fratelli que levou o espetáculo circense até o local desejado pelos noivos. “Logo depois do pedido de casamento assistimos à Ópera Pagliacci, feita por essa trupe. Depois disso resolvemos alugar tudo separadamente, o local, que foi em um clubeem São Caetanodo Sul, e a tenda.”

Para Gabriela, o momento mais marcante do casamento foi quando ela e o noivo subiram na lira
Carlos Alexandre
Para Gabriela, o momento mais marcante do casamento foi quando ela e o noivo subiram na lira


O menu teve doces típicos de circo - maçã do amor com cobertura de doce de leite e amendoim e chocolate com granulado, pães de mel, algodão-doce e picolés. E para petiscar, crepes salgados. Não faltaram também os bolos de brigadeiro, chocolate e de abacaxi com coco.

Um espetáculo

Os noivos optaram por uma cerimônia mais filosófica do que religiosa, sem focar uma crença específica, dando ênfase à ideia da espiritualidade. Para isso, convidaram um amigo da família para conduzir o ritual. Tudo aconteceu dentro da tenda e a festa teve apresentações em solo, lira (aéreo) e palhaços na hora de cortar a gravata.

Veja também:
Dupla que viaja o mundo se casando diz ‘sim’ pela 24ª vez no Brasil
Fotos retratam emoção de um casamento em Jerusalém

A noiva dispensou a ajuda de um cerimonialista. Ela mesma fez a decoração, reutilizando materiais e usando produtos mais baratos, que não agredissem tanto a natureza quando fossem descartados. Confeccionou flores e outros enfeites de tecido e guardou garrafas e potes de vidros para usar na decoração. “Foi quase tudo bem do nosso jeito, com nosso toque e gostos, ou seja, realmente nosso, e não mais um casamento pré-fabricado”, conta.

Mas querer ser diferente e fazer tudo sozinha abriu espaço para imprevistos. O primeiro problema apareceu logo cedo: o cabeleireiro de confiança avisou que não ia mais atender a noiva. Gabriela se produziu com outro profissional. “Ele fez o penteado em dez minutos e uma maquiagem horrível”. No final, a noiva refez o make e terminou de se arrumar com a ajuda de uma madrinha.

Palhaços ajudaram a cortar a gravata do noivo
Carlos Alexandre
Palhaços ajudaram a cortar a gravata do noivo

Festa animada

Entre um conserto de maquiagem aqui, uma coisinha pra resolver ali e uma sessão de fotos de última hora em casa, o atraso da noiva chegava a três horas. E os sustos só aumentavam. “Não teve música para os padrinhos e o Vinícius entrarem, a minha música também não estava querendo tocar. Tiveram que achar a música na internet”, conta aos risos.

Apesar de todos os contratempos, o casamento foi lindo. Passado o drama musical inicial, o DJ emplacou a música escolhida para a entrada da noiva - o som imponente da ópera “A Cavalgada das Valquírias”, do compositor alemão Richard Wagner. E a festa rolou animada.

Para Gabriela, o momento mais marcante do casamento foi quando ela e o noivo subiram na lira, aparelho acrobático semelhante a um bambolê. “Na verdade isso não foi planejado, o pessoal do circo fez o convite pra gente subir após a apresentação. Foi lindo e emocionante”, lembra.

Leia ainda:
50 alianças de casamento
41 ideias para bolo de casamento
21 noivinhos estranhos


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.