Das lágrimas ao riso, emoções do grande dia são registradas com precisão por fotógrafos especializados

Entre os noivos, a afirmação é quase unânime: é difícil escolher o momento mais emocionante do casamento. Em alguns casos, sequer existem palavras para descrevê-lo. Mas algumas fotos registram instantes preciosos de emoção – dos risos às lágrimas – entre o casal, a família e os convidados, como as mostradas nas histórias e fotografias abaixo.

O abraço fora do altar

Juliana Alarcão e Felipe Azevedo precisaram adiantar a data do casamento porque a noiva temia que seu avô, diagnosticado com enfisema pulmonar, não estivesse presente. 

A cerimônia aconteceu em dezembro de 2007. Debilitado, ele não pôde permanecer no altar como previsto. Mas a noiva não se fez de rogada: na hora dos cumprimentos, quebrou o protocolo e desceu do altar para beijar o avô. “Depois de cumprimentar os casais, senti uma necessidade imensa de abraçá-lo”, relembra.

Juliana quebra o protocolo e desce do altar para beijar o avô
Nelson Alves Jr/Foco Estúdio
Juliana quebra o protocolo e desce do altar para beijar o avô

Em julho do ano seguinte, o avô de Juliana morreu.

A avó dos noivos

Tiago Alexandre de Almeida perdeu sua avó materna, de quem era muito próximo, um pouco antes de conhecer Vanessa, sua noiva, em 2007. Quando o casal subiu ao altar, em dezembro de 2011, Iolanda, avó da noiva, foi escolhida para levar as alianças.

Iolanda lembrava muito a avó materna de Tiago. Quando ela entrou na igreja, o noivo não se conteve. E o fotógrafo registrou o abraço. “Todos se emocionaram, porque inevitavelmente nos lembramos da minha outra avó”, relembra (veja foto na galeria ao final da página) .

Leia também: escolha o convite de casamento perfeito e inspire-se com 70 opções

Carlos, o avô viúvo, decide surpreender a neta e é o primeiro a chegar à cerimônia
Warllem Silva
Carlos, o avô viúvo, decide surpreender a neta e é o primeiro a chegar à cerimônia
Surpresa!

Rosa, avó de Juliane Borlini, faleceu um mês antes do casamento, marcado para setembro de 2010. A data quase foi alterada porque o avô de Juliane, Carlos, estava muito triste e tinha decidido não participar da celebração do casal. Mas, apesar do luto e de seus 90 anos, Carlos resolveu surpreender Juliane e Marcelo e foi o primeiro a chegar na igreja, como mostra o clique ao lado (veja uma foto premiada do avô e dos noivos na galeria ao final da página)

Leia também
Cinco estilos de fotografia de casamento
Como sair bem nas fotos do casamento

Sonhos não mudam

Juntos há 12 anos, Keite Teixeira e Ricardo Lopes enfrentaram uma série de mudanças desde que o noivo sofreu um acidente e ficou paraplégico, em 2008. Mas, para Keite, “sonhos não mudam”. 

Mesmo se adaptando a uma nova realidade, o casal não desistiu dos planos feitos ao longo de sua história e se casou em março deste ano. A foto abaixo registra a perfeita interação entre eles. “Eu tenho muito orgulho da nossa história”, diz ela.

Ricardo e Keite: adaptados a uma nova vida
Vinicius Matos
Ricardo e Keite: adaptados a uma nova vida
“Um filme na minha cabeça”

Rafaella Ferraz se casou em julho de 2011 sem a presença de sua mãe, que morreu há quatro anos. Para a noiva, os pais representam os valores e todo o seu conhecimento de vida. “Sentimos a saudade dela juntos e, neste instante, minha vida passou como um filme na minha cabeça”, diz, sobre a foto em que abraça o pai (veja foto na galeria ao final da página) .

Por toda a minha vida

Antes de sair do carro e entrar na igreja, em dezembro de 2011, a noiva Jazini Pesse recebeu um carinho especial de seu pai, que a tranquilizou e preparou para o início de uma nova fase. “Nada melhor do que ter a pessoa que cuidou de você a vida inteira ao seu lado neste momento”, conta (veja foto na galeria ao final da página)

Leia também: como escolher o motorista da noiva

“Então, pisquei”

Andréa Diniz celebrou sua união ao noivo Márcio Albers em maio de 2009 e conseguiu conter todas as emoções até o instante da foto. “Não conseguia mais controlar a avalanche de sentimentos que sentia e, então, pisquei”, relembra ela, fotografada em um dos momentos mais emocionantes de seu casamento  (veja foto na galeria ao final da página) .

Erica Siqueira:
Warllem Silva
Erica Siqueira: "a felicidade não cabia em mim"
“Foi muito esperado”

Assim que terminou a cerimônia do próprio casamento, em janeiro de 2011, o recém-casado Fábio Gomide pode expressar toda sua felicidade ao lado do pai e do irmão. “O dia do meu casamento com a Cíntia foi um momento único e muito esperado”, conta  (veja foto na galeria ao final da página) .

Veja a Agenda da Noiva e saiba o que fazer mês a mês

Rindo à toa

Depois de tantos preparativos, tudo o que a noiva Erica Siqueira queria era curtir a sua festa de casamento, realizada em setembro de 2011. “A felicidade não cabia em mim”, comenta Erica. A foto ao lado não a deixa mentir.

“Muita alegria”

Thiago Pandolfi, noivo de Erica, não ficou para trás na diversão. “Nós fomos recepcionados por amigos com muita alegria e emoção”, lembra ele que, além de ser carregado pelo salão, foi surpreendido pelos amigos com um retrato seu vestido de mulher  (veja foto na galeria abaixo) .


Leia também
O mistério do vestido voador
110 vestidos de noiva

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.