A beleza natural do ambiente reforca o encanto da festa

Na hora de escolher o lugar ideal para a realização da festa e da cerimônia de casamento, há quem prefira fugir do tradicional e optar por algo diferente e despojado como, por exemplo, o casamento na praia. Sem dúvida, é um evento marcante e inesquecível, mas que requer uma série de cuidados extras.

O horário precisa de uma atenção especial. Em geral, quem escolhe a praia prefere se casar no verão, por motivos óbvios... Mas deve ficar atento: a festa deve acontecer nos períodos mais frescos do dia.  O ideal é que horário do almoço, por exemplo, seja esquecido. Afinal, ninguém vai querer que os seus convidados fiquem suando de calor, com o sol a pino, entre meio-dia e duas horas da tarde, enquanto o padre abençoa os noivos.

A designer Mariana Dias Carneiro descreve o seu casamento, realizado num hotel em Barra do Una, como perfeito: Fizemos no final da tarde, no mês de setembro, em plena primavera. Não queríamos correr risco de sermos brindados por uma chuva forte, por isso, a escolha do mês, que não é tradicionalmente um período de chuva. Ela explica que a decoração remetia à praia, ao mar.Usei flores tropicais e conchas, já que foi na praia, tinha que ter cara de praia!...E as lembrancinhas fizeram o maior sucesso. Dei um par de havaianas amarradas com uma fitinha do Senhor do Bonfim. Ficou muito charmoso, lembra ela.

Quanto ao traje, Mariana dá uma dica: Como as pessoas não estão muito acostumadas a casamentos na praia, achei prudente detalhar sobre o traje no próprio convite, para evitar que os convidados aparecessem com roupas muito informais. A designer sugeriu no convite que o traje deveria ser esporte chic, e que as mulheres fossem, preferencialmente, de vestidos floridos. A idéia foi fazer com que as pessoas entendessem que se tratava de um casamento e não de um luau, define.

O vestido da noiva que casa na praia também foge do tradicional. Pode ter um comprimento um pouco abaixo do joelho, sem caudas arrastando pelo chão. No cabelo, a coroa ou o véu podem ser substituídos por arranjos de flores naturais.  O objetivo é que tudo fique muito elegante, porém, despojado.

Casamentos em sítios
Outra opção para quem quer fugir do tradicional salão é a realização da festa num sítio ou chácara. Geralmente, são locais afastados dos centros, por isso os noivos devem ficar atentos às estradas de acesso, se as ruas são asfaltadas ou não, se passa qualquer tipo de carro (mesmo os menores...). Outro aspecto que deve ser considerado é a estrutura oferecida.  O local deve ter espaço suficiente para acomodar de forma confortável os convidados durante a festa.

Quando decidimos casar num sítio, em Mairiporã, fomos várias vezes ao local e observamos todas as condições. Uma preocupação que eu tinha era em relação à segurança, por se tratar de um local aberto e afastado. Como a casa não oferecia, resolvemos contratar uma empresa para garantir a segurança dos carros estacionados no imenso pátio e mesmo das pessoas durante a cerimônia e a festa. A dica é da analista de sistemas Cíntia Aparecida Mendonça, que se casou à noite, em pleno verão, e garantiu um belo céu estrelado de cenário, como ela mesma descreve.

Ela acrescenta que, também por se tratar de lugares afastados, além da segurança, os noivos devem garantir o acesso dos convidados e um mapa bem detalhado anexado ao convite é fundamental. A analista de sistemas explica que quando começou a cotar os valores de salões, buffets e sítios, logo percebeu que saía mais em conta a festa no sítio. Além disso, percebi que gastaria menos em decoração, afinal as atrações naturais do local ao ar livre já dão uma beleza especial à cerimônia, observa.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.