Confira a lista de documentos que você precisa ter em mãos para dizer o “sim” no civil e no religioso

A igreja costuma pedir a documentação um mês antes
Getty Images
A igreja costuma pedir a documentação um mês antes
A primeira coisa a se fazer ao planejar o casamento é marcar o casamento civil. “Ele pode acontecer na festa após a cerimônia religiosa, porém jamais dias depois”, explica Priscila Cunha, da secretaria da tradicional Paróquia São Pedro e São Paulo, em São Paulo.

Leia mais
Agenda da noiva: o que fazer mês a mês
Casamento no cartório: véu, buquê, convites e fotógrafos

Segundo Carla Fiani, assessora de comemorações especiais da Wedding&Co , o ideal é ir atrás dos documentos com a maior antecedência possível. “Alguns documentos são complicados, como a certidão de batismo atualizada. Muitos noivos não moram no estado onde foram batizados, então é bom se prevenir contra imprevistos. Já vi muitos casais se atrapalharem com isso”, diz.

Documentos para o casamento civil

Vocês vão precisar de:

- RG original
- Certidão de nascimento atualizada
- Duas testemunhas com RG original

Os noivos também precisam de testemunhas em duas ocasiões: na hora de dar entrada no processo de habilitação e no dia do casamento.

Ao dar entrada, duas pessoas conhecidas portando RG original devem comparecer ao cartório para atestar que vocês não têm impedimentos para se casar. “A segunda é no dia do casamento civil: as testemunhas também são padrinhos e podem ou não serem as mesmas da entrada na habilitação. A escolha é dos noivos”, explica Carla.

Documentos para a igreja

As paróquias pedem a documentação com antecedência. Geralmente, é preciso providenciar um mês antes da data marcada os seguintes documentos:

- Licença (transferência) de paróquia, necessária quando você não vai se casar na igreja do seu bairro
- Cópias autenticadas do RG e CPF do casal
- Cópia de comprovante de residência
- Certificado do curso de noivos
- Batistério atualizado
- Carta do padre e cópia da identificação presbiterial (caso não seja o padre da própria paróquia)
- Data do casamento civil, nome e número do cartório
- Declaração do cartório (apenas se o casamento civil for realizado na festa, após a igreja)
- Ficha de duas testemunhas que constam na ata da celebração e certidão de casamento (não pode ser pai, mãe nem menores de 18 anos). A ficha deve conter os seguintes dados: nome, profissão, idade, RG, estado civil, nacionalidade e endereço completo das testemunhas.

>>> Guia do casamento: dicas, ideias e soluções para a noiva planejar o grande dia