Mini álbuns de fotos, site de compras coletivas e vídeo em 3D: confira os produtos e serviços mais bacanas da nova edição da Expo Noivas

Site de compras coletivas apenas para noivos? Vídeo do casamento em 3D? Transmissão do casamento nas redes sociais? Todas essas novidades do século 21 convivem lado a lado com a tradição, representada pelos buquês feitos de bonequinhos de Santo Antônio e docinhos de abóbora, na nova edição da Expo Noivas & Festas.

O evento, que vai até domingo (dia 6) no Centro de Exposições Imigrantes, em São Paulo, terá outra edição na cidade no final de abril e, depois, segue para o Rio de Janeiro (veja mais detalhes no site oficial ). Entre os inúmeros serviços e produtos reunidos nos corredores, separamos algumas boas ideias. Confira abaixo.

1. Unidos pela economia

Com pouco mais de 30 empresas parceiras, o site de compras coletivas Clube do Casamento promete descontos de até 90% em serviços e produtos. O fundador, Marcelo Branchini, explica que o site tem ofertas de todos os tipos: de viagens de lua de mel até vestidos. “Nós negociamos para os noivos e eles pagam o preço de custo dos fornecedores”, diz. E um bom desconto nunca é demais para quem está organizando – e bancando – o casamento por conta própria.

2. O “sim” nas redes sociais

Os registros oficiais de fotos e vídeos não são mais a única cobertura de um casamento. O Studio Equipe aposta nas redes sociais : eles criam um perfil no Facebook e no Twitter para o casamento e o atualizam durante a cerimônia. Reynaldo Cavalcanti explica que tudo é feito em conexão wireless, com ajuda de um iPad. E a cerimônia pode ser acompanhada pelos amigos dos noivos pela web, em tempo real.

Buquê de Santo Antônio
Alexandre Carvalho/ Fotoarena
Buquê de Santo Antônio
3. Pequenos e poderosos

Não que o bolo de casamento esteja caindo em desuso, muito pelo contrário. Mas para os noivos que preferem não ter o trabalho de cortá-lo existem os bolos de cupcakes . Os cupcakes ficam dispostos em uma estrutura parecida com a dos andares de um bolo comum. “E, logo depois que são tiradas as fotos, os convidados já podem se servir”, explica a designer de doces Tatiana Castaldello.

4. Ares de antigamente

As frutas vêm tomando o lugar do chocolate nos docinhos de casamento. Segundo a chef Mariana Januário, da Mariana Doces, a tendência é que os doces sejam cada vez mais parecidos com aqueles de antigamente. Ela sempre prioriza as receitas que tanto os convidados quanto os noivos já conhecem. “Em uma roupagem diferente, sempre tento colocar sabores como o doce de abóbora com coco . As pessoas se surpreendem pela simplicidade”, diz a chef.

5. Memória de bolso

Muitos fotógrafos e empresas de fotografia estão apostando em mini álbuns , replicando os álbuns normais. A função? Presentear os pais dos noivos. Carlos Paszko, da Aquarella Digital, chama o mimo de “kit sogra”. Os pais da noiva e do noivo, sempre dispostos a tirar uma foto do seu álbum, vão agradecer.

6. Três dimensões

Tanto as fotos quanto o vídeo do casamento podem ser gravados com a tecnologia 3D . Reynaldo Cavalcanti, do Studio Equipe, explica que óculos especiais acompanham o álbum com as fotos. Já para assistir ao vídeo, os noivos precisam de uma TV que suporte a tecnologia. “Hoje é um registro para eles, amanhã para os filhos. E essa tecnologia é o amanhã”, diz ele.

Buquê de Santo Antônio
Alexandre Carvalho/ Fotoarena
Buquê de Santo Antônio
7. Chances iguais

A doceira Geísa Castro, da Geísa Doces, reparou que um buquê era pouco para ser disputado por tantas solteiras em uma festa. Por isso, decidiu criar o buquê de Santo Antônio . No lugar de flores, o arranjo é composto por bonequinhos do santo casamenteiro. Quando a noiva o joga no ar, os santinhos se espalham – e, segundo a tradição, muito mais amigas solteiras têm a chance de ser a próxima a subir no altar.





Serviço
Geísa Doces - www.geisadoces.com.br
Tatiana Castaldello - www.dolcesplendido.com.br
Mariana Doces - www.marianadoces.com.br
Aquarella Digital - www.aquarelladigital.com.br
Studio Equipe - www.fotostudioequipe.com

A Expo Noivas vai até domingo, dia 6, no Centro de Exposições Imigrantes, em São Paulo. A feira funciona das 14h às 22h e os ingressos custam R$ 10 (maiores de 60 anos pagam meia e crianças de até 10 anos não pagam).


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.