Comissão Europeia afirma que vai manter os esforços na luta com a defesa dos direitos femininos

Último Segundo

A Comissão Europeia (CE) assegurou que manterá seu compromisso político e financeiro em favor da luta pelos direitos das mulheres , e assegurou que não retrocederá seu empenho até que sejam respeitados e protegidos no mundo todo.

O comunicado foi feito pela comissária europeia de Relações Exteriores, Benita Ferrero-Waldner, por causa do Dia Internacional da Mulher , que será realizada no próximo domingo (8). O lema da comemoração deste ano será "Mulheres e homens unidos para colocar fim à violência contra as mulheres e as meninas" .

Benita afirmou que a capacitação completa da mulher ainda soa como uma coisa muito distante para muitas mulheres de todo o mundo. Por isso, a comissária defendeu a manutenção de um nível constante de compromisso para assegurar que as promessas de reforço às resoluções da ONU em defesa da mulher , da paz e da segurança sejam respeitadas.

"Não podemos retroceder em nosso empenho até que os direitos de cada mulher sejam respeitados e protegidos no mundo todo", disse, assinalando a necessidade de " investir no futuro ", tornando as crianças partícipes do processo e "aumentando sua consciência sobre a igualdade de sexos ".

Leia também: Mulher "vale menos que um frango" no campo chinês, afirma ONG

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.