Grupo Mulheres de Pazorganiza ato pacífico na orla de Copacabana, no Rio de Janeiro

Último Segundo

O Dia Internacional da Mulher começou neste domingo, no Rio de Janeiro, com uma caminhada organizada pelo grupo "Mulheres de Paz" na orla de Copacabana, zona sul da capital. Trata-se de projeto criado pelo Programa Nacional de Segurança Pública com Cidadania (Pronasci), do Ministério da Justiça, para capacitar mulheres de comunidades carentes em temas como ética, direitos humanos e cidadania.

Representantes de pelo menos 18 comunidades participaram da passeata, que foi acompanhada por ritmistas da Favela da Rocinha .

Com flores e bandeiras, manifestantes pediram mais segurança , justiça e respeito às mulheres. Ao longo do dia, dez lonas culturais da cidade receberão atividades como apresentações musicais, saraus de poesia, espetáculos de dança e teatro, sessões de cinema e palestras sobre a saúde da mulher. Em cada local serão distribuídos 500 livros.

Por causa do Dia da Mulher, o Cristo Redentor recebe desde ontem iluminação em tom lilás. Está prevista para as 18 horas uma missa na frente do monumento.

Veja também:

José Paulo Kupfer: até quando comemoraremos o dia da mulher?
Veja a galeria de fotos de manifestações do Dia da Mulher

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.