Dicas do que usar em cada tipo de cerimônia e modelos para se inspirar e fazer bonito no altar

Passada a euforia de receber o convite para ser madrinha de casamento, é hora de pensar qual é o vestido adequado para compartilhar esse importante momento com os noivos. A consultora de moda e estilista Maria Zeli, proprietária da Maison Maria Zeli, dá dicas para ficar elegante e correta no altar.

Comprimento: O longo é sempre a primeira opção, não tem erro desde que escolha uma modelagem que valorize seu tipo físico. Vestido curto é recomendado apenas para cerimônia durante o dia e informal, porém é importante ter a prévia aprovação da noiva. Mas atenção: o comprimento nunca deve ser míni.

Tecidos: Em casamentos pela manhã ou à tarde, a madrinha deve optar por tecidos leves como crepe, seda, linho, microfibra e musseline. Já para cerimônias realizadas no final da tarde ou à noite, estão liberados tecidos com brilho, bordado, aplicações, cores fortes e vibrantes. Crepe, seda, organza, tafetá, renda e veludo são os mais indicados.

Cores: Quando a noiva não determina a cor do vestido, é importante que as madrinhas evitem tons claros demais para não invadir o território da noiva. Duas cores são proibidas: o branco, que é exclusivo da noiva, e o preto, por denotar rejeição.

Modelos: Vestido muito decotado, curto e sexy deve ser evitado. A madrinha até pode ter um toque de sensualidade desde que seja na medida certa, usando a regrinha do “vela e revela”. Opte, por exemplo, por um modelo com decote nas costas desde que ele não tenha uma superfenda. É importante que a peça tenha um único ponto focal.

Madrinhas acima do peso : Aposte em vestidos com a cintura marcada ou com corte abaixo do busto para valorizar a silhueta, deixando-a longilínea, e confeccionados com tecidos leves e fluídos. Use modelos que valorizem os pontos fortes do corpo, que geralmente são colo e busto. Escolha vestidos com alças largas, para maior sustentação dos seios, e boleros trabalhados. Cores em tons mais escuros sempre dão aquela “secadinha” na silhueta. Se optar por um modelo estampado, o fundo da peça deve ser de tom escuro.

LEIA AQUI TODAS AS NOTÍCIAS DE MODA


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.