A grife francesa não divulgou quem ocupará o lugar do estilista que ficou à frente da criação por quatro anos

Reuters

Christophe Lemaire deixa a grife Hermès para cuidar de sua própria marca
Getty Images
Christophe Lemaire deixa a grife Hermès para cuidar de sua própria marca

O estilista Christophe Lemaire vai deixar a grife Hermès no outono europeu para se concentrar na marca com o seu nome, informou o grupo de moda francês nesta segunda-feira (21).

Lemaire assumiu o lugar de Jean-Paul Gaultier como diretor artístico da etiqueta de moda feminina em 2010. Suas coleções foram ganhando cada vez mais elogios dos críticos de moda e desfrutam de uma crescente demanda dos consumidores.

Ainda não estava claro nesta segunda-feira quem iria substituir Lemaire, mas alguns analistas dizem que essa não é uma preocupação.

LEIA AQUI TODAS AS NOTÍCIAS DE MODA

"A Hermès tem uma história sólida e uma imagem de elegância atemporal que é bastante independente do estilista", disse Mario Ortelli, analista de produtos de luxo da Bernstein.

A Hermès, uma marca global de sucesso construída pela família de Jean-Louis Dumas, que morreu em 2010, disse que Lemaire deixaria a empresa depois de apresentar sua última coleção na Paris Fashion Week, em outubro.

"Minha própria marca está crescendo de forma importante e eu agora realmente quero e preciso me dedicar a ela completamente", disse Christophe Lemaire em um comunicado conjunto com a Hermès.

O executivo-chefe da empresa, Axel Dumas, disse que estava grato a Lemaire, acrescentando: "Sob a sua direção artística, o 'métier' renovou sua estética e produziu resultados financeiros muito satisfatórios. Desejo-lhe o maior sucesso com sua marca própria, pela qual ele tem tanto afeto."

Assim como Lemaire, no ano passado o estilista Marc Jacobs também deixou a direção artística da Louis Vuitton para dedicar mais tempo ao seu próprio negócio.

(Reportagem de Astrid Wendlandt)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.