Saiba como cuidar da jabuticabeira, ter um pé de mamão e salvar o coqueiro

Árvores frutíferas em vasos devem receber ao menos quatro horas diárias de sol
Getty Images
Árvores frutíferas em vasos devem receber ao menos quatro horas diárias de sol
Não se pode esperar que as árvores frutíferas plantadas em vasos tenham o mesmo comportamento e a mesma produtividade que teriam se estivessem no solo. Mas com uma boa manutenção é possível cultivá-las, especialmente a kinkan.

De acordo com o paisagista Marcos Malamut, da Proflora, os vasos precisam ter “boca” de 50 cm a 80 cm e devem receber luz direta do sol durante, pelo menos, quatro horas por dia.

A irrigação deve ser equilibrada e a adubação, frequente.

Mesmo com todos esses cuidados, depois de alguns anos é preciso remover a planta do vaso e replantá-la, o que pode ser feito no próprio vaso, desde que as raízes sejam podadas.

Qual o solo ideal para plantar jabuticabeira? Em áreas litorâneas, o excesso de água pode prejudicar?


A jabuticabeira prefere solos sílico-argilosos, profundos, férteis e bem drenados. Além disso, ela responde bem à adubação orgânica, que deve ser feita preferencialmente no período das chuvas.
Para seu melhor desenvolvimento é preciso combinar abundância na oferta de água com boa drenagem do solo. Isso quer dizer que, apesar de se desenvolver melhor onde há muita disponibilidade de água, a espécie não tolera solos encharcados.

É possível ter um pé de mamão a partir das sementes descartadas da fruta? Que cuidados devo ter?

Replantar mamão é um processo simples. Basta remover a película que envolve a semente e inibe a germinação. Para isso, é necessário deixar a semente secar por uma semana, à sombra. Outra possibilidade é esfregá-la levemente em uma peneira fina, de plástico, em contato com água corrente. Só então plante na terra.

Tenho um coqueiro que já deu vários cachos. No entanto, aos poucos eles vão afinando e queimando. O que pode estar acontecendo?

Um dos principais fatores que interferem no florescimento e na frutificação do coqueiro é o clima. O coco só se desenvolve em regiões de clima quente, em temperaturas acima de 23°C e alto índice de pluviosidade. O solo deve ser fértil e bem drenado, mas não pode ficar encharcado.

É preciso desfazer o mito de que sal de cozinha no pé do coqueiro contribui para o crescimento da planta. Ao contrário, seu excesso pode intoxicar a árvore.

Consultoria:

Adalberto de Souza Júnior , engenheiro agrônomo e paisagista da Faculdade Cantareira
Rua Marcos Arruda, 729, Belém – São Paulo (SP)
Tel: (11) 2790-5900

Marcos Malamut , paisagista da Proflora
Tel: (71) 8802-8460

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.