A idéia era ter filhos mas a cegonha te enganou e mandou o pacote por sedex 10? Calma que, em alguns casos, pode não ser tão desesperador. Pare um pouco, respire fundo e veja como você pode encarar essa situação

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=ModeloiG%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237491680197&_c_=MiGComponente_C

Acordo Ortográfico

Menstruação atrasada, mal-estar, enjoo. Não era o momento para os sintomas de uma gravidez aparecer. Hora do teste: positivo! E aí o mundo parece não fazer sentido, sua vida toma um rumo completamente fora do seu controle. Tudo o que não é planejado assusta (claro que ganhar na mega-sena não vale!). A surpresa, com certeza, desestabiliza muito mais do que aquilo que é previsto. Se uma gravidez desejada já exige mudanças, imagine algo que surge sem planejamento, explica Cristina Maria Magalhães, psicóloga e psicoterapeuta de orientação psicanalítica.

Vida real

No seriado Mothern, transmitido pelo canal por assinatura GNT, ela é a arquiteta Beatriz, mãe do menino Filipe. Na vida real, a atriz Juliana Araripe, 30 anos, engravidou aos 26 e é mãe da fofíssima Calu. É claro que ela se descabelou com a surpresinha do teste positivo. Quando descobri que estava grávida, foi um desespero total. Eu realmente não estava esperando e fiquei catatônica por uma semana. A curtição do filho chega aos poucos. Conforme a barriga vai crescendo você vai se conectando com este estado de graça que é a maternidade, conta a atriz.

Claro que alguns fatores amenizam o desespero: uma grana guardada, família com apoio total e uma relação estável (dividir as responsabilidades é super importante nessa hora). É sempre interessante pensar na gravidez como algo que exige que seja criado um espaço. Em primeiro lugar, um espaço físico dentro de uma barriga ¿ todos os órgãos terão de se espremer lá dentro para que caiba uma nova vida. Em segundo lugar, há que se criar espaço psíquico ¿ de investimento e doação ¿ para este pequeno ser que surge. Em terceiro lugar um espaço na casa, nas finanças e na relação desse casal, comenta a psicoterapeuta.

Ops!

E como isso acontece? Na maioria dos casos, é um deslize. Acontece algum acidente no método contraceptivo ou uma acomodação do casal em relação ao planejamento familiar, lembra a ginecologista, obstetra e especialista em reprodução humana Denise Coimbra ( www.gravidezfacil.com.br ).

É o caso da arquiteta Maria Fernanda, 33 anos, que vacilou na hora de tomar o anticoncepcional. Esqueci de tomar e achei que não iria acontecer nada comigo. Até que veio a surpresa: estava grávida! O susto foi grande, mas com muito apoio e conversas dentro de casa encarei a situação com grande felicidade. Passei dias com meu namorado reavaliando a vida e mudando planos. Hoje somos imensamente gratos pela vinda do bebê, conta ela.

Primeiros passos

Para começar, é essencial conversar abertamente sobre o assunto com o seu parceiro. Isso trará mais tranquilidade para a relação e para o futuro de vocês. Deixar claro qual será a natureza desta relação, em primeiro lugar, e como serão divididas as responsabilidades em relação à criança, é um passo primordial para que se possa seguir, lidando com a realidade ¿ que atropelou os caminhos desta relação ou dessas duas vidas independentes. Ser sincero, abrir o jogo e mostrar as possibilidades e impossibilidades de cada um dos membros do casal será de muita valia para que possam ser tomadas as decisões, tanto práticas como subjetivas, referentes a esta nova situação, explica a psicóloga.

Bebê na barriga, agora é hora de aproveitar e curtir o filhinho, sem grandes traumas. O astral lá em cima vai trazer benefícios para você, para o seu parceiro e para quem está chegando ao mundo. O importante é que o casal siga as orientações do médico e curta a gravidez como um momento tão especial. A química entre o ideal psicológico e o clínico vai proporcionar uma gestação tranquila e saudável para a mamãe e o bebê, avalia a obstetra.

E não adianta ficar paralisada por dias e dias e esquecer que você e o bebê já precisam de cuidados. Negligenciar o assunto só vai trazer dor de cabeça e complicações para a saúde de vocês. A primeira providência deve ser procurar o ginecologista para os primeiros exames pré-natal. A gestante vai tomar ácido fólico ¿ essencial para ajudar na formação do feto ¿ e uma nutricionista deverá orientar a dieta adequada, recomenda Coimbra.

Pare, respire fundo e aproveite!

A psicóloga Cristina Maria Magalhães separou algumas dicas importantíssimas para que você e seu parceiro comecem (felizes!) a nova vida:

1. Converse! É preciso firmar acordos para acertar o lugar deste bebê ¿ nas vidas, desejos, escolhas, prioridades, planos e sonhos do casal.

2. Ninguém pode dar o que não tem. Cada um deve estar ciente do quanto tem disponível de força interna para oferecer, primeiro, a esta relação e agora a esta criança

3. O que torna tudo isso o mais tranquilo possível é ter clareza de si mesmo , de seus desejos e possibilidades, para, de posse disso, poder seguir neste desafio

Diversão

Mãe de primeira viagem (e de segunda, terceira...) nunca sabe o que fazer para dar conta do mundo: como amamentar e não perder a reunião daquele super projeto? A terceira temporada da divertidíssima série Mothern começa dia 30 de outubro, no canal GNT (às 23h), e vem recheada de situações que envolvem as dificuldades e as alegrias de ser mãe em tempos tão caóticos. Vale a pena conferir!

Leia mais sobre: gravidez

    Leia tudo sobre: gravidez
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.