Hotéis e pousadas aderem aos serviços dirigidos aos pequenos: copa, recreação e até carrinhos de bebê estão disponíveis

Baby friendly: hotéis adotam conceito e facilitam viagem com os filhos
Getty Images
Baby friendly: hotéis adotam conceito e facilitam viagem com os filhos
Se arrumar uma mala de viagem já dá trabalho, imagine ter de incluir na bagagem banheira de bebê, carrinho, papinhas, aquecedor de mamadeiras e outros apetrechos. Quem não quer viajar levando a casa nas costas já pode contar com vários hotéis com estrutura para recém-nascidos.

Nesses hotéis "baby friendly", os pais contam com uma copa aberta 24 horas, que tem tudo o que um bebezinho pode esperar: leite em pó de várias marcas, produtos para mingau, frutas. Além de berço e banheirinha no quarto e, em alguns locais, até carrinho de passeio. Não é preciso se preocupar com almoço nem jantar: das cozinhas de hotéis saem sopas e papinhas e alguns já oferecem até cardápio de bebê.

Recém-nascidos são bem-vindos em resorts à beira-mar e nas montanhas, hotéis-fazenda e mesmo hospedagens com filosofia zen. Ali podem usufruir do máximo da mordomia: a shantala, massagem própria para bebê.

"Em algumas temporadas, cerca de 40% dos apartamentos têm um bebê", conta Flávio Teixeira, do Recanto do Teixeira, em Nazaré Paulista. O hotel-fazenda já chegou a hospedar bebê de uma semana de vida. "A mãe tinha feito a reserva, o bebê nasceu antes do previsto e ela decidiu aproveitar para descansar."

O diretor do hotel Canto da Floresta, Luiz Mesquita, tem visto aumentar a frequência de casais com bebê. "Nos feriados, 50% dos hóspedes têm crianças de colo. Há cinco anos, por exemplo, esse índice era de 20%." Ele atribui a procura à estrutura que o hotel oferece. "Com todas as facilidades, a mãe fica tranquila e pode relaxar."

Entre as várias opções de massagens, desde o início do ano o hotel passou a oferecer também a shantala, técnica indiana que massageia o bebê com movimentos suaves e dura de 20 a 30 minutos. A mãe fica ao lado, acompanhando o profissional. "Depois da shantala a criança fica mais tranquila", conta Mesquita. A massagem custa R$ 80.

"A gente fica despreocupado porque não é preciso deslocar a casa para o hotel", diz o promotor de Justiça Fábio Bechara, que já se hospedou algumas vezes no Royal Palm Plaza, em Campinas, com os filhos Fábio, de 4 anos, e Francesca, de 11 meses.

Além dos serviços, hotéis também oferecem recreação, mesmo para os menorzinhos. O Bourbon Atibaia tem várias atividades no Espaço Kids da Turma da Mônica, como a Cozinha da Magali, onde brincam com utensílios de plástico, podem empilhar tijolinhos de espuma do Cebolinha, assistir a teatro de fantoches ou filmes infantis.

Pesquisa

Pai de Carolina, de 3 anos, e de Rodrigo, de 1 ano e 3 meses, o analista de sistemas Ronaldo Silva dos Santos escolheu se hospedar no Bourbon após pesquisa na internet. "O que chamou atenção foi que eles têm uma boa área de recreação e piscina aquecida coberta, ótimas opções se o tempo não estiver bom", afirma.

Das sete piscinas do Recanto do Teixeira, uma aquecida e outra aberta são reservadas para os bebezinhos: têm 20 e 30 centímetros de profundidade, respectivamente. A turma do babador pode se divertir ainda em uma sala de brinquedos, com piscina de bolinhas, pelúcias e bonequinhos. No Cabreúva Resort, a sala dos bebês é chamada de Toquinha e além de brinquedos pedagógicos tem uma televisão com canais por assinatura infantis e DVDs de desenhos animados.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.