Publicidade
Publicidade - Super banner
Filhos
enhanced by Google
 

O calçado certo para o caminhar seguro dos pequenos

Especialista em ortopedia pediátrica recomenda calçados flexíveis, mas não muito moles, para apoiar os primeiros passos do bebê

Agência Estado |

Escolher o calçado que vai acompanhar os primeiros passos das crianças é uma decisão que precisa ir além da simples avaliação do design e do preço: os pais devem ter cuidado para não fazer as crianças caminharem com algo desconfortável, prejudicial ao crescimento ou até perigoso.

Porém, o desenho e o material dos calçados devem ser sempre analisados antes da compra. Para o coordenador da divisão de ortopedia pediátrica da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), Henrique Sodré, é essencial que a sola não seja escorregadia.

"Quando começa a andar, a criança não tem o equilíbrio formado, afasta os pés e levanta os braços para se equilibrar. Se o calçado for liso, ela cai", explica ele. Os solados emborrachados e flexíveis são os mais indicados.

Depois que os pequenos começam a arriscar as primeiras caminhadas, não devem usar calçados com o corpo feito de material muito mole, como os de tecido, usados por recém-nascidos. Contudo, o sapatinho também não deve ser duro a ponto de machucar o pé da criança. "O calçado não pode se deformar conforme o pé se mexe dentro dele, tem que dar sustentação, mas sem machucar", diz.

No mercado há modelos com diversas propostas, inclusive imitando os sapatos de adultos. Vaidade e bom gosto são bem-vindos e as crianças podem usar vários tipos, como sandálias, chinelos de dedo, tênis e botas. É recomendável, inclusive, o revezamento de mais de um modelo.

Sodré não recomenda, no entanto, que elas usem sapatos ou tênis com saltos, para não prejudicar o desenvolvimento muscular. "Devem ser baixos e paralelos ao solo". Tênis ortopédicos e palmilhas para corrigir a pisada só devem ser adotados caso houver recomendação de um médico.

O professor lembra a necessidade de se acompanhar o crescimento da garotada, para que eles não acabem usando tênis ou sandálias apertadas, que machuquem dedos e unhas.

(Por Paulo Darcie)

Leia tudo sobre: calçadosprimeiros passosandarcaminhar

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG