Saiba quais são as vacinas obrigatórias para as crianças entre 12 e 18 meses

Agência Brasil

Depois de fazer um ano, as crianças começam a ser imunizadas contra o sarampo , a rubéola e a caxumba . De acordo com o Ministério da Saúde, a rubéola e a caxumba estão sob controle no país. Nos últimos anos, os casos de sarampo diminuíram drasticamente e a doença já é considerada em processo de erradicação no Brasil.

Crianças de 12 meses

- Sarampo, rubéola e caxumba

A tríplice viral (SRC) deve ser tomada aos 12 meses, em uma única dose . Administrada por meio de injeção, ela deve ser reforçada entre os 4 e 6 anos de idade.

Crianças de 15 meses

- Poliomelite ¿ reforço

Até os 6 meses de idade, as crianças devem tomar as três doses da vacina contra a paralisia infantil. Aos 15 meses, a imunização deve ser reforçada.

- Difteria, tétano e coqueluche ¿ 1º reforço

As crianças devem tomar o 1º reforço da tríplice bacteriana aos 15 meses de idade. A vacina DTP as protege da difteria, do tétano e da coqueluche.

Vacinas complementares

Além das vacinas obrigatórias distribuídas gratuitamente pelo Ministério da Saúde, clínicas e hospitais particulares também possuem algumas opções para reforçar o sistema imunológico das crianças. Antes de decidir, é essencial conversar com o pediatra sobre a necessidade dessas vacinas, que nem sempre fazem parte da cobertura dos planos de saúde.

Crianças de 12 meses

- Meningocócica C ¿ reforço

Essa vacina imuniza os bebês da bactéria meningococo C, responsável pela meningite. Para crianças que tomaram as duas doses antes do primeiro ano de vida, esta vacina funciona como reforço . Crianças maiores de 1 ano tomam apenas uma dose. 

- Varicela (catapora)

A vacina que previne a catapora possui dose única , mas um reforço entre os 4 e 6 anos diminui o risco de surtos durante o período escolar. Se administrada até 5 dias após o contato com o vírus, a vacinação também funciona de forma preventiva .

- Hepatite A ¿ 1ª dose

Recomendada para todas as crianças a partir dos 12 meses, a vacina serve como proteção mesmo após o contato com pessoas que possuam a doença, desde que administrada em até duas semanas.

Crianças e adolescentes não vacinados previamente contra hepatite A e B podem receber a vacina combinada A+B, que segue o esquema de três doses.

Crianças de 15 meses

- Pneumocócica 7-valente ¿ reforço

Esta vacina previne a ação de bactérias tipo pneumococo, responsáveis por doenças como meningite , pneumonia , otite média aguda, sinusite e bacteremia. São necessárias três doses da vacina, que devem ser tomadas com 60 dias de intervalo entre elas, além deste reforço.

Veja as vacinas recomendadas em outras idades:

Vacinas para crianças recém-nascidas

Vacinas para crianças até 6 meses

Vacinas para crianças entre 6 meses e 1 ano

Vacinas para crianças até 2 anos

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.