A fotógrafa Rachel Hulin decidiu registrar seu filho Henry, de 14 meses, "em pleno voo". Veja fotos

selo

Ela diz que a ideia surgiu do prazer que o bebê demonstrava ao ser suspenso no ar pelos pais desde os seis meses de idade.

Segundo Hulin, as imagens representam a ideia de que os bebês têm o seu próprio mundo, que é mais complexo do que os pais imaginam.

Hulin diz que recebeu inúmeras perguntas de pais a respeito de como conseguiu as imagens, mas explica que usa somente os recursos básicos do programa de edição de imagens Photoshop. Ela ou seu marido seguram o bebê no alto para a foto e, depois, ela retira da imagem as mãos dos adultos no computador.

A fotógrafa diz que pretende continuar registrando "os voos" de seu filho até quando for possível segurá-lo. Ela pretende transformar as fotos em um livro.

Veja também:
Bebê recria cenas de filmes clássicos
O que você vai ser quando crescer?
Em retratos sobrepostos, fotógrafa expõe diferenças e semelhanças de gêmeos

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.