Pode fazer musculação durante a gravidez?

Por iG São Paulo

Texto

A gestante que já faz musculação deve consultar o médico e ajustar a intensidade do exercício

Stefan
Musculação: gestantes podem fazer, mas consultando o médico
Grávidas que já fazem musculação podem continuar, mas devem consultar o médico. Segundo Tânia Scudeller, coordenadora do curso de Fisioterapia da Unifesp (Universidade Federal de São Paulo) e pesquisadora de fisioterapia em saúde da mulher, a musculação é uma modalidade considerada de médio risco para a gravidez. “Os principais perigos desse exercício são as lesões de ossos e músculos, redução de fluxo sanguíneo à placenta e, consequentemente, ao feto, aumento da pressão arterial e da temperatura corporal materna”, explica.

Leia também: Gravidez semana a semana

Portanto, mesmo se você faz o tipo ‘rata de academia’, consulte seu médico obstetra antes de ficar puxando ferro. “A gestante que já praticava musculação pode continuar, porém com cargas mais leves”, afirma a educadora física Denise Vancea, professora da Universidade de Pernambuco e membro da Sociedade Brasileira de Diabetes. A especialista lembra ainda que o monitoramento da mãe e do bebê, durante o programa de exercício físico é de fundamental. “Se a gestante sentir qualquer desconforto, o exercício deve ser interrompido”, diz.

Já para quem sempre fugiu dos pesinhos, essa não é a hora de querer virar atleta. “Quem nunca praticou exercícios físicos deve iniciar com atividades de baixo risco: caminhadas, natação e hidroginástica”, orienta o obstetra e ginecologista Roberto Eduardo Bittar, professor da Faculdade de Medicina da USP.

Saiba tudo que a grávida pode ou não pode fazer durante a gestação


Leia tudo sobre: pode ou não podegravidezcorpomusculação
Texto

notícias relacionadas