Consulte o pré-natalista para acertar a intensidade e a frequência das sessões

Drenagem linfática alivia os inchaços
Stefan
Drenagem linfática alivia os inchaços
Grávidas podem fazer drenagem linfática, mas não repetidamente. O ginecologista e obstetra Odair Albano, inclusive, recomenda o procedimentopara ajudar a diminuir os edemas e inchaços provocados pelo aumento da retenção de líquidos que acontece durante a gravidez. O obstetra e ginecologista da Faculdade de Medicina da USP, Roberto Eduardo Bittar, também não vê problemas na drenagem linfática, desde que as mamas e o abdome sejam poupados.

Leia mais: Gravidez semana a semana

Mas atenção: não pode exagerar na quantidade de sessões. Aparecida Machado de Moraes, chefe da Dermatologia da Faculdade de Ciências Médicas da Unicamp, afirma que gestante deve consultar o médico obstetra pré-natalista antes de se submeter à terapia, para que ele determine a intensidade e a frequência das sessões. “Drenagens linfáticas muito frequentes e muito acentuadas podem aumentar o volume líquido intravascular materno e promover insuficiência cardíaca ou outras complicações cardiovasculares nos fetos”, alerta.

Saiba tudo que a grávida pode ou não pode fazer durante a gestação


    Leia tudo sobre: gravidez