ver novamente

Mesada

Prática ensina a administrar dinheiro, mas não pode ser recompensa por obrigações cumpridas

Ensinar os filhos a dar o valor correto às coisas materiais e introduzir desde cedo aspectos de educação financeira no cotidiano das crianças contribui para que elas saibam lidar melhor com o dinheiro no futuro.

Uma prática comum é dar um pequeno valor à criança e pedir que ela mesma administre a quantia.

Mas não basta dar mesada. Vale orientar sobre os gastos e estimulá-la a construir projetos. Pode-se começar concedendo, por exemplo, R$ 2 por semana e explicar que ela poderá gastar tudo em balas no mesmo dia ou, se juntar por algumas semanas, conseguirá comprar aquele álbum de figurinhas que tanto quer.

Deixar a criança administrar pequenas quantias pode contribuir também para uma consciência maior sobre questões financeiras.

A mesada, no entanto, não pode ser prêmio por obrigações cumpridas, como passar de ano ou arrumar a própria cama. Essas atitudes fazem parte dos deveres dela e devem ser realizadas independentemente de remuneração.

CONCEITOS RELACIONADOS

todos os conceitos