ver novamente

Jogos

Competir de forma saudável ensina a lidar com frustrações

A brincadeira com jogos – sejam de tabuleiro ou esportivos – é boa e saudável para estimular o raciocínio e as habilidades da criança, além de inseri-la nas questões de competitividade e socialização, para aprender, principalmente, a lidar com a derrota.

Muitas crianças não aceitam perder um simples jogo de damas. Outras não têm capacidade de esperar a vez para jogar, querem impor as próprias regras ou acabam trapaceando para ganhar a partida. Isso acontece porque ela tem dificuldade de se submeter às regras e às frustrações.

Para ensinar a criança a lidar com a frustração da derrota, os pais devem começar evitando usar aquele velho artifício de deixar a criança ganhar sempre o jogo, pois esta é uma forma de menosprezar a inteligência dela. Além disso, é preciso conversar com os filhos e explicar que ganhar e perder faz parte da vida em sociedade. Explique que todos passam por isso: “papai e mamãe também ficam tristes quando perdem o jogo, mas é normal isso acontecer”.

CONCEITOS RELACIONADOS

todos os conceitos