Veja quais atividades você pode sugerir para a turma e torne o momento prazeroso e divertido

Promover encontros entre as crianças pode ser feito a partir dos 3 anos de idade
Thinkstock Photos
Promover encontros entre as crianças pode ser feito a partir dos 3 anos de idade

Antes mesmo de irem para a escolinha, os pequenos já começam a fazer amigos. Ter a sua turminha é fundamental para que a criança aprenda a desenvolver o afeto fora do círculo familiar. É brincando com outras crianças que ele vai aprender a se sociabilizar e a respeitar as diferenças, dentro de tantos outros benefícios, como o respeito de regras, desenvolvimento do raciocínio lógico e menos risco de sofrer depressão no futuro.

Para aumentar a autoestima e o bem-estar dos filhos, os pais devem assumir a tarefa de estimular essa interação entre os pequenos – e para isso, nada melhor do que promover um encontro da criançada em casa.

Organizar uma manhã ou tarde para receber o grupo de amigos da criança pode ser feito a partir dos três anos de idade, como afirma Andreia Mataresi, professora do curso de Psicologia da Universidade Anhanguera de São Paulo. “Nessa idade, a criança já começa a entender o mundo além de sua família. Mas é imprescindível a presença de um responsável, pois pode significar a segurança psicológica que ela precisa para brincar com qualidade ”, diz. À medida que eles forem crescendo a necessidade de estar junto dos pais diminui.

Como organizar a reunião com a garotada

Antes de convidar a turma, planeje primeiro. Pense na data, o que oferecer, atividades para animá-los e, principalmente, quantas crianças serão convidadas. “Um adulto sozinho nunca vai conseguir olhar com cuidado para um grande número de crianças pequenas”, explica a educadora. Pense sempre que o bem-estar de todas as crianças deve ser prioridade.

O convite deve ser feito aos pais, e no caso de você não ter o contato deles use a criatividade. Andrea Domingues é mãe de duas crianças, e frequentemente prepara encontros entre as turmas. “Quando não tenho o telefone dos pais eu envio um bilhete a eles com o meu telefone, dizendo que gostaria de convidar a criança para um lanche da tarde”, conta. Assim, além de estreitar a relação entre os amigos dos filhos, você aproveita para fazer novas amizades.

Leia mais:
A importância das brincadeiras em família
12 técnicas de pintura para crianças
40 brincadeiras ao ar livre


Esse contato é fundamental para que você defina o que servir de lanche, por exemplo. Algumas crianças podem ser alérgicas a algum tipo de alimento ou precisar de uma atenção na hora de comer. Confirme tudo com os pais e depois prepare o cardápio de acordo com o gosto da garotada.

Caso você se depare com manhas e birras, mantenha a calma. “Toda vez que for dizer não, explique o motivo com firmeza, calma e gentileza. Falar alto com uma criança para que ela não grite gera mais confusão e mostra que o mais forte pode usar desta ferramenta”, orienta Andreia Mataresi.

O que fazer na hora da festa

- Invente temas para os encontros, como o “dia dos meninos”, “sexta do hot dog”,”sessão de cinema”, entre outros. Isso pode deixar a ocasião ainda mais divertida para eles.

- Promova uma peça de teatro e deixe à disposição fantasias, caixas de papelão e tecidos para eles criarem seus personagens e cenários.

- Ofereça papel e lápis de cor para eles desenharem: crianças adoram essa atividade.

- Jogos de tabuleiro e brincadeiras no quintal são perfeitas. Eles vão gastar muita energia e não ficarão entediados.

- Registre o momento com várias fotos e envie para os pais no dia seguinte. Eles vão confirmar o quanto os filhos adoraram a reunião.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.