Pais podem descansar nos hotéis que oferecem recreação e cuidados com o bebê

O Solar das Andorinhas, em Campinas, e o Hotel Cabeça de Boi, em Monte Verde (MG), estão entre os poucos consultados pela reportagem que oferecem monitores para cuidar dos bebês. A maioria dos resorts só tem monitores para crianças com mais de 3 anos.

No hotel de Campinas funciona o Solar dos Bebês, no qual pais podem deixar os filhos sob o cuidado de monitoras entre as 9 e as 23 horas. As babás brincam com as crianças, trocam, dão papinha e fazem dormir. "Assim a mãe pode fazer um passeio ou almoçar sossegada", diz a diretora do Andorinhas, Suze Frizzi.

No Cabeça de Boi, o baby room funciona das 10h às 21h30 e tem brinquedos, berços e trocadores. "O serviço é um diferencial e tem sido muito procurado", afirma o coordenador de recreação, Patrick Mouette.

Babá

Sem monitores ou baby room, a opção é o serviço de babá, cobrado à parte. O ideal é que o serviço seja solicitado já na reserva. Alguns locais trabalham com empresas terceirizadas, como é o caso do Royal Palm Plaza. Outros têm um cadastro de babás da região, como o Bourbon Atibaia. O período de seis horas sai por R$ 140.

Outra facilidade que não está disponível em todos os hotéis é o empréstimo de carrinho. O Club Med, o Bourbon Atibaia e o Royal Palm Plaza oferecem o serviço. "Temos mais de 150 carrinhos para emprestar aos hóspedes", conta o gerente-geral do Bourbon Atibaia, Mário Dias. Até o verão, o Eco Resort Tabatinga, em Caraguatatuba, pretende oferecer o empréstimo de carrinhos. "É uma comodidade a mais, porque o carrinho ocupa muito espaço no carro", diz Neiva Moretti, do setor de reservas e eventos do hotel.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.