Brincar, contar histórias ou preparar um bolo: pais podem aproveitar o feriado para fazer atividades que não custam nada e valem muito para seus filhos

Especialistas são unânimes em dizer que a presença dos pais é o mais importante no desenvolvimento dos filhos. Por isso, reunimos seis ideias para papais e mamães aproveitarem a oportunidade e, sem precisar desembolsar um tostão, passarem o Dia das Crianças ao lado delas.

100 Brincadeiras: escolha a ideal para seu filho
Mariana Newlands
100 Brincadeiras: escolha a ideal para seu filho
1. Brinque com seu filho

O importante é o brincar, e não o brinquedo. É possível improvisar com uma fruta, uma caixa de papelão vazia ou o que quer que esteja à mão. E não se preocupe se não puder dar a seu filho aquele carrinho movido a pilhas de última geração. "Só na visão do adulto um brinquedo eletrônico é divertido. Para a criança, brinquedo que brinca sozinho é enfadonho", atesta o antropólogo e educador Tião Rocha, fundador do Centro Popular de Cultura e Desenvolvimento, em Minas Gerais.

No Especial 100 Brincadeiras , você pode encontrar a brincadeira ideal para fazer com seu filho, por idade, local para brincar e aspectos a desenvolver.

2. Passe tempo com seu filho

Para Gisela Wajskop, diretora do Instituto Singularidades, especializado em Pedagogia, hoje em dia poucos pais aproveitam de fato o tempo com as crianças. “É preciso reservar um tempo afetivo para os filhos”, recomenda Gisela. Ela explica que situações como preparar um bolo juntos ou até mesmo fazer as compras de supermercado pode ser mais formativo para a criança do que ir ao teatro ou ao cinema.

Veja sete ideias para passar tempo com seu filho de forma natural , sem programas mirabolantes.

3. Receba os amigos do seu filho em casa

As crianças se entendem, mas você precisa programar diversas atividades para entretê-los e preencher o tempo da visita. “Pense em atividades rápidas e variadas, de duração curta – as preferidas podem durar mais – e alterne agitação com brincadeiras mais calmas, como pique bandeira e dobradura de papel, por exemplo. Para os menores, atrações de palhaço e contação de histórias são indicadas”, sugerem Gilberto Baccan Junior e Caio Guichart, educadores físicos e recreadores.

Leia esta e outras dicas para fazer a reunião da turma sem erro .

Branca de Neve e outros desenhos clássicos ajudam a superar conflitos
Divulgação
Branca de Neve e outros desenhos clássicos ajudam a superar conflitos
4. Assista a um clássico da animação

Desenhos animados estão repletos de situações capazes de ajudar as crianças a superar conflitos e elaborar estratégias para a vida. Veja uma lista de filmes infantis e as lições de cada uma deles .

5. Cozinhe com ele

A pedagoga e chef Gabriella Carioba, que dá aulas semanais de culinária para crianças no espaço A Nossa Cozinha, se lembra de quando ajudava sua avó a assar biscoitos e de como se sentia feliz com a tarefa. “Toda a minha construção de aulas de culinária foi em cima das minhas primeiras experiências de vida”, diz. Para dar esta oportunidade a seu filho, leia sugestões de chefs e especialistas .

6. Conte histórias

“Os pais que se aproximam dos filhos para contar histórias favorecem a imaginação criadora que está em formação”, diz a contadora de histórias e psicodramatista Alessandra Giordano. Todas as mães e pais estão cansados de saber que contar histórias é benéfico às crianças, mas muitos precisam de uma mãozinha para se soltar ou adquirir o hábito. Reunimos algumas dicas de profissionais para os pais contarem histórias para seus filhos em casa .

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.