Tamanho do texto

As pequenas fashionistas têm seus looks postados na rede todos os dias; mãe afirma que elas adoram e que o processo é divertido para toda a família

Trigêmeas podem dar muito trabalho, mas também significam o triplo de diversão e Rebecca Wooldridge sabe bem disso. Ela coordena as roupas de suas três filhas, Amelie, Maya-Albertine e Etta e posta os looks adoráveis no Instagram.

Leia também: Pais criam "cronograma militar" para dar conta de cuidar de trigêmeos

As trigêmeas Amelie, Maya-Albertine e Etta têm seus looks, cabelos e poses combinadas para criar fotos fofas
Instagram
As trigêmeas Amelie, Maya-Albertine e Etta têm seus looks, cabelos e poses combinadas para criar fotos fofas


A trigêmeas nasceram em outubro de 2016, graças à inseminação artificial que Rebecca e seu marido fizeram depois de passar muito tempo tentando engravidar sem sucesso.

Hoje, a mãe coordena e combina as roupas e os penteados das pequenas, que muitas vezes usam até a mesma roupa, no que Rebecca chama de “triplicando o look”, que ela posta todos os dias no Instagram, inclusive nos fins de semana.


“Eu comecei recentemente a fazer isso e, gostei tanto, que não me vejo parando de fazê-lo tão cedo”, contou ela ao Daily Mail. Sobre as roupas das filhas, Rebecca diz que existe uma lógica por trás das escolhas: “se está chovendo, por exemplo, eu tento colocá-las em roupas coloridas para alegrar o dia dos nossos seguidores”.

A ideia de postar os looks no Instagram começou quando Rebecca viu outras mães fazerem o mesmo. Ela também queria encontrar uma forma de comemorar “o milagre” do nascimento das meninas.

Leia também: Mãe de 47 anos continua a amamentar trigêmeos de 5 anos

Rebecca explica que ela tem uma contagem de óvulos muito baixa e que mesmo para engravidar do primeiro filho, Félix, de quatro anos, ela precisou fazer inseminação artificial. “Mas, no fim, acabei engravidando naturalmente”.

Com as trigêmeas, o processo foi quase o mesmo, mas os procedimentos in vitro funcionaram. A gravidez, contudo, não foi das mais fáceis e Rebecca precisou passar por uma cesárea de emergência, aos 7 meses de gestação, por conta de complicações.


“Ainda bem que nós todas ficamos bem e saudáveis após apenas algumas semanas no hospital. Desde então, tem sido uma montanha-russa lidar com três crianças, mas nos acostumamos e agora elas estão numa idade tão engraçada. Elas dão risada de tudo e têm uma conexão muito especial”, conta.

Brincadeira e diversão

A mãe afirma que Amelie, Maya-Albertine e Etta adoram se vestir, e que toda a família se diverte com as fotos, inclusive o irmão mais velho das três, que fica com a câmera a postos enquanto Rebecca ajeita as poses e roupas.

Leia também: Confira as fotos mais impactantes sobre maternidade no ano de 2017

“Eu amo poder vestir as meninas com a mesma roupa, porque encaro como uma forma de celebrar o fato de serem trigêmeas . Eu sempre posto as fotos no mesmo horário, 10h30. E tudo é só pura diversão, mas se eu puder alegrar o dia de alguém com isso, melhor ainda”, disse.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.