Obstetriz não deixou que uma "pequena coisa", como uma cesárea, tirasse dela a oportunidade de fazer seu próprio parto, e fotógrafa registrou tudo

Ser fotógrafa de partos já exige muita emoção da profissional, imagine então quando você é convidada a acompanhar o parto da mulher que fez o seu próprio filho chegar ao mundo. E mais ainda, imagine que essa mulher, mesmo passando por uma cesárea , tem o prazer de puxar a filha durante o procedimento. Foi isso que aconteceu com a americana Sarah Hill, e cada foto que ela tirou deste dia conseguiu resumir a emoção que tomou conta da sala de parto.

Leia também: Menina se emociona com bolo e festa preparada por família, e foto viraliza

Foto também registrou emoção dos colegas de Emily ao descobrir que se tratava de uma menina, já que ninguém sabia o sexo
Facebook/Sarah Hill Photography/Reprodução
Foto também registrou emoção dos colegas de Emily ao descobrir que se tratava de uma menina, já que ninguém sabia o sexo

“Este é de longe um dos mais incríveis dias da minha vida. Minha incrível obstetriz Emily Dial não apenas passou por uma cesárea como puxou o bebê dela mesma!! Foi incrível. Falar que ela é maravilhosa é eufemismo. Ela foi feita para trazer bebês a este mundo e não deixou que uma ‘pequena coisa’, como uma cesárea, a deixa de trazer sua própria filha”, conta a fotógrafa em sua página no Facebook, por onde compartilhou a foto do parto .

Sarah conta ainda que foi incrível ver os colegas de Emily tão empenhados em fazer um parto tão feliz. “Foi realmente uma honra estar lá e capturar tudo para Emily e Daniel… e supresa!! É uma MENINA!!”

Leia também: Para ajudar outras mães, jovem de 19 anos revela cicatriz e marcas após cesárea

Pois é, se o parto de uma obstetriz, realizado por seus colegas e em que ela mesma puxa a criança não fosse suficientemente emocionante, além disso tudo ninguém sabia qual era o sexo da criança. Só quando o bebê foi completamente tirado da mãe é que todos descobriram que se tratava de uma menina.

Repercussão

Em dois dias publicadas no Facebook, as imagens do parto de Emily conquistaram quase mil reações, além de 650 compartilhamentos na na rede social. “Isso é incrível, eu passei por quatro cesáreas e gostaria que elas tivessem sido capturadas tão lindamente”, escreveu uma usuária.

Leia também: "Aumento da licença maternidade é fundamental", diz vice-presidente da SBP

E cada foto só conseguiu reproduzir tanta emoção por outro motivo diferente no parto: a cortina utilizada. Não é a primeira vez que isso acontece nos Estados Unidos, mas a cortina transparente fez com que fosse possível de Emily ver a filha durante a cesárea . Esperamos ansiosas por essa novidade aqui no Brasil.

    Leia tudo sobre: Gravidez
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.