Tamanho do texto

Emily Houlston, de 19 anos, viu seu corpo se transformar após uma gestação de gêmeos e decidiu compartilhar sua experiência com outras mulheres

A gravidez faz as mulheres passarem por uma transformação gigantesca em seu corpo. Começando pelas aterações hormonais, que afetam em cheio o humor e até a saúde da pele, tudo vai mudar e não só no período que dura nove meses. Após o corpo esticar quase ao máximo, quando a criança nasce, seja de parto natural ou por uma cesárea , muito provavelmente a mãe vai ganhar diferentes marcas.

Leia também: Entenda como acontece, os sintomas e características da gravidez

Usuárias do Instagram que também passaram por uma cesárea e ficaram com marcas se sensibilizaram com a foto de Emily
Instagram/marson.twins/Reprodução
Usuárias do Instagram que também passaram por uma cesárea e ficaram com marcas se sensibilizaram com a foto de Emily

Foi o que aconteceu com a jovem inglesa Emily Houlston, de apenas 19 anos. Apesar da pouca idade, ela já é mãe de gêmeos, que nasceram em novembro do ano passado, segundo reportagem do " HuffPost UK". A cesárea  pela qual passou fez com que ela ganhasse uma cicatriz abaixo da barriga, estrias e um pouco de pele flácida. Não foi fácil, mas ela decidiu encarar a realidade de frente e ainda ajudar outras mulheres que passaram e passam pela mesma situação que a dela. E tudo isso apenas com uma foto.

"Ok, isso é meio pessoal, mas agora já são quatro meses do pós-parto e estou começando a aceitar o que meu corpo se tornou. Eu gerei dois bebês lindos por 36 semanas e amamentei por cinco. Minha gravidez não foi exatamente fácil, esses meninos queriam sair cedo, e eu fui hospitalizada algumas vezes por conta de desidratação e contrações precoces."

Leia também: "Aumento da licença maternidade é fundamental", diz vice-presidente da SBP

Em seu relato, Emily afirma que o corpo das mulheres passa por muitas mudanças durante a gestação e que ela está orgulhosa de si por ter carregado crianças tão lindas e dado a elas comida, calor e, o mais importante, o amor que ela nunca achou que tivesse. 

"Uma cicatriz que eu terei para o resto da minha vida é um pequeno sacrifício para uma vida inteira de memórias lindas com a minha família. Suas estrias não te definem, suas cicatrizes não te definem, sua pela flácida não te define.  Você é incrível, você é uma mãe e é a luz dos olhos de seus bebês. Eu quis compartilhar isso para mostrar a realidade dos nossos corpos e que tudo bem não ser perfeita, porque nos olhos deles (dos filhos) você é exatamente perfeita."

Repercussão

Em uma semana, a foto conseguiu mais de três mil likes no Instagram, mas não foi só isso. Centenas de mães se identifiram com o relato da jovem e fizeram questão de agradecer pela sinceridade e apoio. "Meus filhos gêmeos também tentaram chegar mais cedo, começando pela 19ª semana. Minha barriga se parece muito com a sua, e tem sido uma luta para mim. Obrigada por ser o tipo de mulher forte que eu luto para ser", disse uma usuária da rede social.

Leia também: Cartunista cria a história do "cocô amigo" para ajudar filho durante o desfralde

Outra mãe, que também se sensibilizou com a história da inglesa com sua cesárea, torce para que o post viralize tanto quanto as fotos de mães que recuperam o abdômen definido em pouco tempo. "É maravilho quando você consegue recuperar o seu corpo, mas a grande maioria de nós não consegue isso."

    Leia tudo sobre: Gravidez