Para a escritora Stevie Niki, encostar os próprios lábios nos da filha é apenas uma demonstração de carinho, mas muita gente pensa o oposto sobre isso

Stevie Niki é uma mãe australiana que se pegou pensando se compartilhava ou não uma foto que representava um momento de carinho com uma de suas filhas: um beijo entre as duas. O problema é que o mesmo hábito mantido por uma celebridade, no caso, Victoria Beckham , gerou um enorme debate nas redes sociais sobre o que é certo e o que é errado quando o assunto são nossos filhos.

Leia também: Viajar com crianças de avião: Hugo Gloss dá lição de empatia após choro em voo

Stevie Niki deu beijo na boca da filha durante foto, mas ficou insegura de compartilhar o momento nas redes sociais
Instagram/mytribeofsix/Reprodução
Stevie Niki deu beijo na boca da filha durante foto, mas ficou insegura de compartilhar o momento nas redes sociais

Na foto, Stevie dá um beijo  na boca a filha, assim como Victoria beijou a pequena Harper. Assim que a celebridade compartilhou o momento, em 2016, internautas passaram a debater se aquilo deveria ou não ser feito pelos pais. “Um dos meus primeiros pensamentos ao pensar em compartilhar essa bela foto minha com minha filha foi quão grande foi o burburinho em cima de uma celebridade que postou uma foto em que beijava a filha nos lábios”, escreveu a australiana em seu Instagram .

“Quão triste é isso? O fato de eu ter tido esse pensamento. Que isso até mesmo tenha acontecido. Que eu tive de me questionar sobre o fato de compartilhar a foto e alguém ter sido criticado por fazer a mesma coisa. É louco o que passamos como pais, a vergonha, a crítica de outros pais.”

Leia também: Carinho dos pais beneficia a alma e o cérebro de crianças e adolescentes

Para a mãe e também escritora do blog “My Tribe of Six”, se não podemos nem mesmo beijar nossos filhos ou demonstrar afeto sem sermos criticados, estamos vivendo em um mundo triste. “Eu tenho que seriamente questionar o porquê ou o quê irritou a mente de outras pessoas que pensaram que beijar sua própria criaça é inapropriado. Agora, estou irritada por esta foto ter esta legenda, porque não deveria.”

O que os especialistas falam

Alguns psicólogos acreditam que o limite em relação a um beijo vai de acordo com cada pessoa. Se a criança se sente constrangida ao ser beijada nos lábios, por exemplo, este é um hábito que deve ser abandonado. Outros já têm um posicionamento mais negativo em relação à prática, considerando que o ato de beijar é sexualizado em nossa sociedade.

Leia também: Parto natural: mãe conta como foi ter o filho sozinha no banheiro de casa

Entretanto, o ponto de maior crítica dos profissionais da saúde e também dos leigos no assunto é em relação ao risco de transmissão de algumas doenças no ato de dar um beijo na boca. No fim das contas, são os pais que decidem o que é certo e errado, mas e você, o que acha?

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.