Vídeo de bebê tendo a orelha furada viraliza de forma negativa nas redes sociais e usuários acusam mãe de abuso. Qual a sua opinião sobre o caso?

Recentemente, uma página do Facebook dedicada a piercings e modificações corporais publicou um vídeo no qual um bebê aparece tendo a orelha furada. Apesar de a cena parecer algo natural para muitas pessoas, alguns internautas se incomodaram com a situação e acusaram a mãe de abusar da própria filha.

Leia também: Mulher deixa filho de 5 anos colocar piercing na orelha e gera polêmica

Vídeo viraliza e internautas acusam mãe de abuso infantil por furar a orelha de filha bebê para colocar brinco
Reprodução/Facebook
Vídeo viraliza e internautas acusam mãe de abuso infantil por furar a orelha de filha bebê para colocar brinco

O vídeo que causou polêmica entre os internautas começa com a mãe chegando ao estúdio com o bebê, que aparece sorridente, no colo. Logo em seguida, dois profissionais se posicionam e furam os lóbulos da criança ao mesmo tempo, colocando os brincos.  Instantaneamente a bebê começa a chorar muito e todos no ambiente se mobilizam para acalmá-la. 

Repercussão

A cena está circulando com uma repercussão muito negativa nas redes sociais. Até o momento o vídeo recebeu mais de 3,4 mil visualizações e foi compartilhado por mais de 11 mil pessoas. Entre os comentários, muitas pessoas se posicionaram contra a mãe e chegaram a afirmar que ela passou dos limites.

Leia também: Mulher publica foto de bebê com piercing e causa polêmica na web

A repercussão do vídeo foi extremamente negativa com várias pessoas se posicionando contra a atitude da mãe
Reprodução/Facebook
A repercussão do vídeo foi extremamente negativa com várias pessoas se posicionando contra a atitude da mãe

Para alguns usuários, o ato de furar o lóbulo da criança para colocar o brinco é errado. “Isso não deveria ser permitido, é abuso infantil”, comentou uma pessoa. Outra completou dizendo que deveria haver um limite de idade para impedir que isso acontecesse. "Por que você fez isso? Pobre criança, está estressada e ofegante... abusos como esse não deveriam ser permitidos!". 

Apesar de grande parte dos comentários serem negativos, algumas pessoas saíram em defesa da mãe da criança, dizendo que o que ela fez não é nada demais e não chega perto de uma situação de abuso. "Se ela não gostar, pode tirar quando for mais velha", apontaram. 

Leia também:  Campanha arrecada assinaturas para proibir que pais furem as orelhas das filhas

Certo ou errado?

O tema é polêmico. Muitas pessoas acreditam que não há nada de errado em furar a orelha de bebês. Afinal, elas não vão lembrar da dor quando forem mais velhas. Outras, assim como os internautas, defendem que o ato é uma forma de abuso pelo fato da criança não ter escolha e ser submetida a rituais de feminilidade. E você, o que acha? Dê sua opinião: 


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.