"Dói as costas, o pescoço, os braços. E quando você vai ver está com o peito, em carne viva", desabafou a apresentadora

Desde que deu à luz, Rafa Brites vem compartilhando as próprias experiências sobre maternidade nas redes sociais. No último sábado, a apresentadora publicou uma foto dando de mamar ao filho e dividiu com os seguidores as dores e os desafios que está enfrentando nesse processo de amamentação. 

Leia mais: Entenda como acontece, os sintomas e características da gravidez

Rafa Brites compartilhou com os internautas os desafios da amamentação
Reprodução/ Instagram
Rafa Brites compartilhou com os internautas os desafios da amamentação

"Mas verdade seja dita: o começo dói demais! É de ver estrelas. Mas calma, é só acertar a pega! Ahhh como se fosse fácil. Eles choram, colocam as mãos na frente, escorrega, aí mordem. Dói as costas, o pescoço, os braços. E quando você vai ver, está com o peito em carne viva. No meu caso, sangrando. Mas eu não queria desistir. Quando me vi, estava amamentando e chorando de dor. Literalmente deixando o bebê molhado de tanta lágrima", desabafou sobre a amamentação

Veja o post completo:

Expectativa X Realidade Agora já está tudo lindo MAS: Acho que as campanhas de amamentação são desenvolvidas por homens.Só pode ser. Toda a mãe durante a gestação fica sonhando com esse momento tão especial da primeira foto aí.Afinal quando vemos fotos sobre esse assunto elas são sempre assim: uma cara plácida um bebê lindo.Mas verdade seja dita: o começo dói demais! É de ver estrelas. Mas calma ,é só acertar a pega! Ah como se fosse fácil. Eles choram, colocam as mãos na frente, escorrega, aí mordem, dói as costas, o pescoço, os braços. E quando vc vai ver esta com o peito em carne viva. No meu caso, sangrando. Mas eu não queria desistir. Quando me ví estava amamentando e chorando de dor. Literalmente deixando o bebê molhado de tanta lágrima. Aí lembrei da dica: o SOL. E da outra: Pomada de lanolina. Pronto, fui eu pro sol com a pomada. Só tem uma questão. ESSAS DICAS SÃO PARA SEREM USADAS SEPARADAMENTE. Lanolina é a base de óleo. Óleo no sol? Tcharam!! Torrei meus mamilos tipo picanha de fim de festa. Mas não queria parar. Segui dando o peito até que em uma das mamadas eu praticamente desmaiei de dor. No limite resolví parar, respirar e me perguntei. O que essa criança deve estar sentindo? A mãe chorando. Se contorcendo. Isso não está certo? Decidi dar uma pausa de dois dias até cicatrizar. Fiz a ordenha ,dei no copinho e na mamadeira também. Chorei me senti a pior do mundo. Mas é com muita alegria que digo:DEU CERTO. Voltei aos poucos Voltei com uma traquitana.Nesse meio tempo falei com várias amigas. TODAS disseram que o começo foi difícil. Cada uma me passou uma dica. A minha amiga de infância Ana me fez até um vídeo mostrando como ela fez. Comprei uma tipoia para o seio. Passei a usar um algodão com água quentinha no bico antes da mamada. E o principal ESVAZIAR a auréola antes.Eu já sabia dessa informação. MAS TAVA TIRANDO POUCO! Ela precisa estar muiiito mole. MUITO MESMO. Assim ela entra e vai até o palato mole do baby. No início esvazie com a bombinha. Agora já faço com a mão. Mudou a vida. Outra coisa. Me achei na posição invertida. E Passo toda a mamada SEGURANDO a pega com os dois dedos. Acabou espaço segue texto nos comentários aqui embaixo⬇

A post shared by Rafa Brites (@rafabrites) on

Leia mais: 10 motivos para amamentar seu bebê 

Se você está pessando pelas mesmas dificuldades que a apresentadora na hora de amamentar seu bebê, não se preocupe. De acordo com as pediatras Rafaella Gato Calmon e Ana Laura Kawasaka, o aleitamento materno é um aprendizado conjunto da mãe e do bebê. Então, é natural enfrentar algumas dificuldades nessa fase. 

A pediatra e cardiologista infantil Rafaella Calmon explica que dores, sangramentos e rachaduras no bico do peito acontecem porque está havendo algo errado na "pega" do bebê no peito. "O bebê mama aréola e não o bico. Então, abocanhar errado o seio ou o mau posicionamento pode causar as lesões no local", diz. Saiba mais sobre as posições para amamentar

O que fazer?

Rafaella orienta que a mãe procure ajuda para tratar a causa e não pare de amamentar a criança. "Parar de oferecer o peito pode causar mastite (inflamação da mama), além de que persistir com a má pega pode piorar as lesões, causando desmame precoce", explica.

Para tratar lesões e sangramentos, a mãe pode passar o próprio leite do peito no machucado, já que ele tem substâncias cicatrizantes que podem ajudar. Tomar sol pela manhã e no final da tarde também ajuda no fortalecimento e na cicatrização do local.  A pediatra também orienta que a mulher evite o uso de absorventes e dê um tempo no sutiã até que as lesões melhorem. 

Durante a amamentação é muito comum a recomendação de pomadas, mas ao contrário do que se imagina, elas podem piorar as lesões na fase aguda e não são uma boa opção para prevenção. "O mais importante é se informar e contar com uma rede de apoio dentro e fora de casa", recomenda Rafaella. 

    Leia tudo sobre: gravidez