Levar comida para casa e pegar itens da decoração que precisam ser devolvidos são as mais comuns; veja outras

Em tempos passados, docinhos, bolo e demais comidas das festas infantis, que normalmente eram celebradas em casa, eram feitos todos para consumir durante a comemoração e até para levar embora. Hoje em dia, com festas organizadas em buffets e salões, a cultura da celebração infantil mudou bastante, até mesmo por questões financeiras. Então, muitas vezes, levar a comida da festa para casa ou o vasinho de flores que estava em cima da mesa pode não ser o comportamento ideal.

Beber além da conta em um ambiente repleto de criança é uma gafe grave
Thinkstock Photos
Beber além da conta em um ambiente repleto de criança é uma gafe grave


A consultora de festas infantis Carol Marcan conta que quando o assunto é gafe em festas, ela já viu de tudo. “Os profissionais não estão sabendo lidar com o comportamento dos convidados”, admite. “Tem gente que vê uma peça decorativa e pensa ‘acho que vai ficar bem na sala de casa’ e não hesita em pegar”, aponta Carol.

Já para a consultora Cintia Kuster, duas questões complicadas são ponderar quando o adulto quer levar uma lembrancinha de criança para casa, mesmo sem ter filhos, e administrar o acesso aos doces. "É complicado porque, às vezes, é uma lembrança mais elaborada, que foi encomendada com um número exato. Ou algo feito só para os familiares mesmo", comenta. O ideal é que o convidado espere que o anfitrião ofereça a lembrancinha. Se isso não acontecer, os adultos devem entender que as crianças são o foco da festa.

Veja na galeria 11 gafes cometidas pelos pais e convidados:

Em relação aos doces, ela conta que é comum "convidados que querem pegar tudo, antes mesmo das fotos do 'parabéns'". Segundo Cintia, a atitude pode criar uma saia justa para os pais do aniversariante.

Ela ressalta, porém, que não há como prever o comportamento dos convidados e nem reprimi-los. No caso dos docinhos, por exemplo, eles estão à disposição para serem consumidos mesmo, mas é preciso esperar que os pais possam registrar os detalhes do momento. Normalmente, logo após as fotos, os doces são liberados.

Carol finaliza com uma reflexão que, segundo ela, todos os convidados de um evento, seja ele infantil ou não, devem fazer:  "Por que fazer na festa alheia o que você não gostaria que fizessem na sua?".

Leia mais:
Cinco armadilhas de festas infantis - e como escapar delas
20 brincadeiras para animar a festa de aniversário infantil
50 ideias para servir comida em festa infantil de maneira criativa e prática

>>> Curta a página do Delas no Facebook e siga o @Delas noTwitter <<<

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.