Massagem e compressa morna na barriga ajudam a amenizar as dores da criança

O choro não cessa mesmo quando o bebê está bem alimentado, bem vestido, bem descansado e sentado ou deitado em posição adequada. Na absoluta maioria dos casos, a razão de todo o barulho é cólica.

>> Veja outras dúvidas das mulheres quando viram mães

Para amenizar o quadro de dor de seu filho, em primeiro lugar é preciso que os adultos ao redor dele estejam calmos. “A ansiedade dos pais não ajuda a acabar com a cólica”, afirma a pediatra Amira Consuelo, do Departamento de Pediatria do Comportamento da Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP).

Confira, na galeria abaixo, dicas para amenizar as cólicas do bebê:

Adultos tranquilos e com os ânimos sob controle podem fazer uma massagem na barriguinha do bebê para começar a aliviar suas cólicas. Os movimentos devem ser circulares, no sentido horário. “Isso mobiliza os gases”, esclarece a médica. Ela também recomenda que os pais façam movimentos suaves de ir e vir nas pernas do bebê. “É como pedalar no ar, o que também elimina o excesso de gases”, diz.

Compressas mornas na barriguinha, com toalhas felpudas passadas a ferro, têm efeito analgésico e podem ajudar muito a acalmar as cólicas de seu filho. Se estiver em dúvida sobre a temperatura, anote a dica da pediatra: teste o calor em sua própria face – se estiver agradável para você, estará para o bebê. Um banho morno tem o mesmo efeito, assim como deitá-lo de bruços sobre a barriga ou apoiá-lo de bruços no antebraço dos pais.

Mesmo sob muito choro, mantenha a calma e lembre-se: até os quatro meses, as cólicas passam. “E elas só aparecem em bebês saudáveis”, finaliza Amira.

Leia também:
Aprenda a lidar com o choro do bebê
Massagens ayurveda: Shantala

>>> Curta a página do Delas no Facebook e siga o @Delas noTwitter <<<

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.