Americana mostra como foi o processo de adoção do sobrinho com imagens emocionantes que transbordam carinho

O amor não vê idade, cor ou gênero - acontece sem que ninguém escolha ou consiga explicar. Com um filho, também é assim, mesmo que ele não esteja presente na vida dos pais desde os primeiros batimentos cardíacos. Foi esse tipo de sentimento que a fotógrafa norte-americana Kate T. Parker tentou registrar na série de fotografias que recebeu o nome de “Blended” (que em português signifca “Misturado”).

Tudo começou quando a irmã de Kate iniciou o processo de adoção do pequeno Sam, um bebê da Georgia, nos Estados Unidos. “O projeto pretendia acompanhar a jornada do meu sobrinho, desde o dia em que nasceu até ser abraçado pela minha irmã pela primeira vez”, conta a fotógrafa em entrevista ao Delas.

Para Kate, o grande diferencial do ensaio foi conseguir captar o amor incondicional que todos da família nutrem por Sam. A angústia da espera, natural do processo de adoção, foi compensada com muitos beijos e abraços, dos mais novos e mais velhos.

“Nós somos apaixonados por esse pequeno, que trouxe tanta alegria para nossas vidas. O projeto mostra um pouco de tudo isso: o poder do amor, a longa espera, a recepção de uma nova vida ao nosso dia a dia e o significado de uma família inter-racial”, finaliza ela.

Leia também:
Fotos emocionantes mostram o amor entre dois irmãos
Teste: você está pronta para pensar em adoção?
Mãe reencontra filho três décadas depois de entregá-lo para adoção

>>> Assine a newsletter do Delas , curta nossa página no Facebook e siga o @Delas noTwitter <<<

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.