Pesquisa mostra que 52% dos entrevistados já compraram produtos para as crianças, mesmo sabendo que essas aquisições comprometeriam o orçamento familiar

Pesquisa aponta que 16% dos pais fazem o que os filhos pedem para não se sentirem culpados ou não
Thinkstock/Getty Images
Pesquisa aponta que 16% dos pais fazem o que os filhos pedem para não se sentirem culpados ou não "ficarem com dó" das crianças

Uma pesquisa do Portal Meu Bolso Feliz feita em parceria com o Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) aponta que 52% dos pais fazem compras a pedido das crianças, mesmo que elas comprometam o orçamento familiar.

O estudo mostra que para 22% dos entrevistados a negociação do “se você me der isso, eu prometo fazer aquilo” acaba convencendo e sendo usada para comprar algum produto.

Em segundo lugar está a chantagem emocional como razão para ceder à pressão feita pelas crianças, argumento mencionado por 16% das pessoas. Nesse caso, segundo a pesquisa, os pais fazem o que os filhos pedem para não se sentirem culpados ou não "ficarem com dó" das crianças.

Responsabilidade financeira

A pesquisa do SPC mostra ainda que muitos pais não são bons exemplos quando o assunto é responsabilidade financeira. Entre os entrevistados que têm filhos, 76% já ficaram inadimplentes e 53% compraram alguma coisa sem precisar nos últimos três meses.

Além disso, 74% não reservam uma parte dos ganhos mensais para colocar na poupança e 37% pagam atualmente cinco ou mais parcelas ao mesmo tempo, entre compras parceladas no cartão de crédito, crediário, cheque pré-datado e empréstimos.

Para a pesquisa, foram ouvidas 694 pessoas com mais de 18 anos, alfabetizadas, de todas as classes econômicas, nas 27 capitais brasileiras.

Veja ainda:
Cinco coisas que você e seu filho devem saber sobre dinheiro
Proteja seu filho do consumismo infantil
Como dizer não sem provocar a fúria de seu filho

>>> Assine a newsletter do Delas , curta nossa página no Facebook e siga o @Delas noTwitter <<<

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.