Medida já está em vigor e deve ser observada pelos pais

A partir de 21 de junho, só berços com selo do Inmetro podem ser vendidos. A medida faz parte de um conjunto de ações estabelecidas em 2012, quando a certificação começou a ser exigida para fabricantes e, depois, importadores. Agora, a medida foi extendida para os comerciantes também.

Entre as especificações que passam a ser analisadas pelo órgão estão a presença de cantos arredondados, pintura com tinta atóxica, mecanismos de travas de segurança para a grade não descer, espaçamento de 4,5 a 6,5 cm entre elas, ausência de peças que possam asfixiar a criança, entre outras.

Além disso, haverá a exigência de rastreabilidade de todas as peças do berço para que, se houver problemas no futuro, o consumidor consiga resolver com o fabricante.

Fonte: SBT Brasil


Leia mais sobre Filhos:

- Pets participam de ensaio fotográfico com recém-nascidos e grávidas
- O que faz a porquinha Peppa ser tão popular?

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.