Fotos de homens de peito nu com bebês e frase 'se pudesse, eu faria' visam alertar pais da necessidade de ajudar mães na amamentação

BBC

Um fotógrafo americano lançou uma campanha que visa conscientizar homens sobre a necessidade de dar apoio às suas mulheres durante o período em que elas estão amamentando.

Campanha visa conscientizar pais sobre necessidade de dar apoio a suas mulheres
Divulgação/Project Breastfeeding
Campanha visa conscientizar pais sobre necessidade de dar apoio a suas mulheres


O Project Breastfeeding (Projeto Amamentação), criado por Hector Cruz, traz fotos de homens, muitos deles sem camisa, segurando bebês contra o peito, como se os estivessem amamentando.

As imagens vêm acompanhadas da frase "If I Could, I Would" (Se eu Pudesse, Eu Faria).

Cruz afirma ainda querer reduzir estigmas associados à amamentação.

No vídeo promocional da campanha, o fotógrafo diz: "Nossa missão é desestigmatizar a amamentação em público, educar homens e conferir poder às mulheres".

"A campanha começou como uma forma de desestigmatizar o ato de amamentar em público. Somos um dos poucos países do mundo que têm leis para proteger mulheres (que amamentam em público)."

Leia também:
Pai dá o peito para acalmar a filha e causa polêmica com foto na internet
Fotógrafa faz ensaio para mostrar como é “amamentar na vida real”

As imagens vêm acompanhadas da frase
Divulgação/Project Breastfeeding
As imagens vêm acompanhadas da frase "If I Could, I Would" (Se eu Pudesse, Eu Faria)

"Mas por meio do apoio e das várias mensagens que recebemos, por eu também ser um pai, evoluiu para algo muito maior. Evoluiu para se tornar uma maneira de dar educação aos pais e ajudá-los a entender como o papel deles é crucial na amamentação de suas esposas e companheiras. O projeto está ajudando homens a serem melhores pais e melhores maridos", acrescenta.

Cruz afirma que "vocês (as mulheres) fazem um trabalho incrível, mas sem nossa ajuda, o processo fica tão mais difícil".

De acordo com Cruz, a ideia surgiu em uma manhã, quando ele acordou e notou que sua mulher estava sentindo dores, após ter amamentado sua filha, Sofia.

"Foi então que eu me perguntei, se eu pudesse, eu faria? Foi preciso vencer julgamentos internos. Estereótipos masculinos. E eu respondi que sim, se pudesse, eu faria."

Além da campanha com fotos, o Project Breasfeeding, que conta com contas no Facebook e Twitter e também está procurando angariar fundos para criar workshops voltadas para pais, com conselhos sobre como melhor dar auxílio às suas mulheres e companheiras quando elas estiverem amamentando.

Veja ainda:
10 motivos para amamentar seu bebê
8 atitudes para ser um bom pai
Quando nasce o amor dos pais pelos filhos?

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.