Segundo estudo, 61% dos pequenos entrevistados assistem televisão ao lado da mãe, enquanto 31% ficam sozinhos

É difícil encontrar uma criança que não saiba recitar na ponta da língua quais os desenhos mais populares da atualidade. Essa percepção observada por quem convive com os pequenos mostra na prática o que uma pesquisa do Instituto Ipsos, divulgada nesta quinta-feira (31), trouxe em números: 98% das crianças assistem televisão, sendo que 93% fazem a atividade diariamente.

Pesquisa mostra que 98% das crianças assistem televisão, sendo que 93% fazem a atividade diariamente
Getty Images
Pesquisa mostra que 98% das crianças assistem televisão, sendo que 93% fazem a atividade diariamente




A participação dos pais nesse momento da rotina dos filhos aumenta aos finais de semana. As crianças declararam que em dias de semana 61% das mães e 23% dos pais assistem TV ao lado delas. Aos sábados e domingos, esses índices sobem para 70% e 41% respectivamente. Mesmo sendo uma atividade presente na rotina de quase todas as crianças, 69% disseram que preferem brincar ao livre a assistir televisão e 30% gostam mais de jogar videogame.

Leia também:
Crianças de até dois anos devem assistir televisão?
Crianças podem assistir à novela?

A nova chupeta

O estudo aponta que 32% das crianças acessam a internet, mas 90% não podem fazê-lo sempre que desejam. Os dados mostram também que 33% dos entrevistados desempenham essa atividade todos os dias. Os endereços mais acessados são o da rede social Facebook (19%), do canal de vídeos Youtube (19%), sites de jogos de filmes (19%) e o de pesquisas Google (16%).

Um dado curioso mostra que até a tradicional chupeta está perdendo terreno para a tecnologia. De 25 a 30% das mães dão o smartphone na mão do filho – em vez da chupeta – na tentativa de acalmá-lo.

O estudo procurou mapear o consumo e uso de produtos e serviços, hábitos de lazer e traços de comportamento infantil e contou com a participação de cerca de 2600 crianças de zero a nove anos de idade. Nas faixas etárias mais baixas, os pais responderam aos questionamentos sobre os hábitos dos filhos.

Veja ainda:
Tradicional x eletrônico: um tipo de brinquedo é melhor do que o outro?
Crianças X computadores: benefícios e males da era tecnológica
Geração Z ensina os pais a usar tecnologia

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.