“Eu apenas quis confortar minha filha que estava chorando, sentindo a ausência da mãe”, conta pai que simulou amamentar a filha de dois meses

“Olhei para minha filha chorando e pensei: ‘vou dar o peito e ver o que acontece’
Arquivo pessoal
“Olhei para minha filha chorando e pensei: ‘vou dar o peito e ver o que acontece’", conta Rodolfo

Com o único propósito de acalmar a filha que chorava, Rodolfo Francisco Ribeiro Marga,26, resolveu dar o peito para a menina, simulando o ato de amamentar. Mal sabia o que aquele gesto poderia provocar.

Valentina, que hoje tem um ano e dez meses e na época estava com pouco mais de dois meses de idade, acordou chorando no meio da tarde. A mulher de Rodolfo, Jéssica, tinha saído para fazer alguns exames e, por causa do trânsito, acabou se atrasando e só conseguiu chegar em casa três horas depois. Quando a filha começou a chorar, o pai se viu sem saber o que fazer e a solução encontrada foi dar o peito para acalmá-la.

“Olhei para minha filha chorando e pensei: ‘vou dar o peito e ver o que acontece’. Ela tinha mamado fazia uma hora e poderia não ser fome, apenas carência mesmo. Ela pegou o meu peito e cerrou a gengiva, sem sugar. Valentina ficou me olhando por cerca de dez minutos e adormeceu. Eu apenas me coloquei no lugar dela e fiquei pensando que a pessoa que era minha referência no mundo – minha mãe – não estava lá”, conta Rodolfo, que trabalha na secretaria de uma escola em Mauá, em São Paulo, e também é videomaker.

Leia também:
10 motivos para amamentar seu bebê
Os principais obstáculos da amamentação e como superá-los

Foto polêmica

Depois que Jéssica chegou em casa, preocupada com a filha, quis saber se a menina tinha acordado. Rodolfo contou o que tinha acontecido e a mulher permaneceu incrédula. “Ela pediu que eu repetisse o gesto para entender o que aconteceu. Eu dei o peito novamente para minha filha. Foi aí que a Jéssica tirou a foto tão polêmica.”

Rodolfo e a filha Valentina:
Arquivo pessoal
Rodolfo e a filha Valentina: "Muitas pessoas acharam a atitude bacana, mas também recebi críticas violentas"

Rodolfo divulgou a imagem em um grupo de uma rede social para homenagear as mães que amamentam. “Estamos na Semana Mundial de Aleitamento Materno e quis expressar minha admiração pelas mães que alimentam seus filhos. Muitas pessoas acharam a atitude bacana, mas também recebi críticas violentas que foram desde xingamentos, como ‘você é nojento’, até acusações de pedofilia.”

Mesmo enfrentando a ira de muitos internautas, Rodolfo não se arrepende e afirma que faria tudo de novo se fosse necessário. “A imagem choca as pessoas e poucas leem o que eu postei junto. Eu sou homem e não conseguiria ter leite. O que fiz foi um gesto de desespero por ver minha filha chorando”, diz.

Rodolfo conta que a experiência, apesar das críticas, fez com que ele pudesse compreender melhor a ligação que é estabelecida entre mãe e filho durante o período de amamentação. “Consegui ver a afetividade que nasce desse momento. É amor mesmo. Tive a sorte de entender isso”, afirma Rodolfo.

Veja ainda:
Mães interrompem amamentação mais cedo por falta de orientação
Amamentação exclusiva até 6 meses influencia rendimento escolar

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.