Comida e bebida sempre à mão, troca de roupa extra na bolsa e carrinho disponível para os menores são algumas sugestões para aproveitar os parques sem contratempos

Com a proximidade das férias escolares, muito pais optam por passear nos parques temáticos dos EUA com as crianças. Fique atento às dicas para viajar com os pequenos sem enfrentar contratempos:

>> LEIA: Turismo em família nos vizinhos do Mickey

Um mascote (seja uma boneca ou um bicho de pelúcia) pode ser uma companhia tranquilizante para as crianças durante o voo
Thinkstock/Getty Images
Um mascote (seja uma boneca ou um bicho de pelúcia) pode ser uma companhia tranquilizante para as crianças durante o voo



O avião

É preciso pensar em mecanismos para fazer o tempo passar mais rápido para os pequenos e diminuir a ansiedade pelo tempo de espera nos aeroportos e no próprio voo.

Se puder, leve um desses dispositivos para a criança desenhar e apagar sem precisar de papel, bloquinhos e lápis de cera. Filmes e joguinhos eletrônicos em tablets também são um recurso eficiente para entreter a molecada. Lembre-se dos fones de ouvido.

Para os menores, um mascote (seja uma boneca ou um bicho de pelúcia) pode ser uma companhia tranquilizante em um período tão diferente da rotina em casa e na escola.

Vale passar na livraria do aeroporto, para que cada criança escolha, ela mesma, um livrinho para a viagem.

Fuso-horário

Voos noturnos diminuem o efeito de choque entre diferentes fusos. De todo modo, nunca planeje um roteiro puxado para o primeiro dia da viagem.

Cansaço

Parques de diversão podem ser muito estimulantes, mas também exaustivos para crianças pequenas. Leve carrinho todos os dias para os parques e poupe seu filho das caminhadas entre um brinquedo e outro. Carrinhos também servem de camas provisórias, economizando o tempo de uso do seu colo.

Outra dica é pegar o mapa do parque logo no início e escolher o trajeto e os brinquedos junto com a família. Assim, as crianças ficam menos ansiosas e o passeio funciona quase que como uma caça ao tesouro.

Lembre-se de manter a criançada hidratada e sem fome, para evitar o mau humor.

Tenha sempre uma garrafa de água por perto para manter a criançada hidratada
Thinkstock/Getty Images
Tenha sempre uma garrafa de água por perto para manter a criançada hidratada

Bolsa de mão

Lenços umedecidos, álcool gel, roupa extra e um kit para manter as crianças sem fome e sem sede (água, frutas, cookies ou barrinhas de cereal) são itens essenciais.

Nos parques, a alimentação não é muito saudável, mas milkshakes e pipocas podem ser uma salvação, se a fome persistir. Não seja tão rigoroso nas férias.

A documentação dos pais e das crianças têm de estar sempre à mão, principalmente em viagens internacionais. Carregue consigo também os telefones do seguro de viagem.

Irmãos

O ideal é intercalar as escolhas dos brinquedos, para que um irmão não fique esperando demais pelo outro. Havendo mais de um adulto, a família pode se dividir em grupos menores.

Combine logo na chegada a dinâmica com a turma, tentando dar a todos a oportunidade de escolher as suas prioridades.

Fonte: Luciane Dayer, uma das criadoras do blog 1001 Roteirinhos e mãe de “uma princesinha de 7 anos”.

* O repórter Leandro Quintanilha viajou para os EUA a convite do Condado de Polk.

Veja também:
Dicas para viajar de avião com seu filho
Como arrumar a mala para as férias das crianças
Como viajar com as crianças sem perder as suas férias


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.