Mensagens SMS, redes sociais e e-mails são usados na guerra particular entre ex-marido e ex-mulher

Um novo estudo da Universidade do Missouri, nos Estados Unidos, revelou que a tecnologia tem sido usada por pais separados para tornar mais difícil a comunicação dos seus ex-companheiros com os filhos de ambos. De acordo com o trabalho americano, as mensagens de celular SMS, o e-mail e as redes sociais são armas usadas nessa guerra particular entre ex-marido e ex-mulher, colocando as crianças numa situação difícil. 

Liderado pelos professores Lawrence Ganong e Marilyn Coleman, o levantamento mostrou que as redes sociais, muitas vezes, são usadas para monitorar todos os movimentos do ex-marido ou ex-mulher. As informações obtidas nessa fiscalização virtual são usadas para envenenar a relação dos filhos com o pai ou com a mãe.

Nessa briga tecnológica de ex-companheiros, as crianças são as grandes vítimas
Thinkstock Photos
Nessa briga tecnológica de ex-companheiros, as crianças são as grandes vítimas

Ainda de acordo com o estudo, esses pais sabotadores frequentemente fingem que não receberam e-mails ou mensagens que os ex-companheiros enviaram pedindo informações dos filhos ou marcando compromissos entre eles, por exemplo.

“Pais que usam a tecnologia de comunicação para manipular ou omitir informação do outro progenitor podem causar dor para a criança", alertou Ganong, num entrevista publicada no site ScienceDaily.

Leia tambémLivro ajuda crianças a superar divórcio dos pais

Mas Ganong pondera que a tecnologia também pode ser uma aliada nessa relação muitas vezes difícil. "O e-mail é um grande recurso para os ex-companheiros que têm um relacionamento conflituoso. Nas mensagens, eles podem comunicar apenas a informação essencial, editando o que escrevem a fim de evitar conflitos”, explica o pesquisador. “Além disso, os pais têm um registro escrito de tudo que foi acordado", completa o estudioso.

O pesquisador americano sugere que os pais utilizem as redes sociais e agendas virtuais para compartilharem informações sobre as atividades dos filhos, fazendo tudo de maneira clara e sem esconder nada.

Teste: Qual a relação do seu filho com a tecnologia?

"Os pais devem deixar seus sentimentos negativos de lado e entender que eles precisam se comunicar de forma eficaz, a fim de proteger o bem-estar emocional de seus filhos", aconselha Ganong, que acompanhou 49 ex-casais no estudo. 

Mais no canal Filhos: 
Sete erros dos pais na hora de impor limites
Conceitos fundamentais da educação do seu filho explicados de A a Z  

>>> Assine a  Newsletter , curta nossa página no  Facebook  e siga o @Delas no  Twitter  <<<

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.